Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Os projetos que reajustam o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) em Curitiba foram aprovados em segundo turno pela Câmara Municipal na terça-feira (16) e encaminhados para a sanção do prefeito Gustavo Fruet.

Os dois reajustes foram propostos pelo próprio prefeito. Com a nova tabela, o IPTU será corrigido em 6,39% pela inflação e em mais 5% para imóveis construídos e 8% para terrenos vazios.

A mudança vale já para os carnês de 2015, que devem ser expedidos em janeiro. Estão previstos outros dois reajustes, em 2016 e 2017, de 4% mais inflação para casas, apartamentos e salas comerciais, e de 7% mais inflação para terrenos não edificados.

Já a alíquota do ITBI vai passar dos atuais 2,4% para 2,7%. A proposta inicial era de aumento para 2,9%, mas, depois uma negociação com o setor imobiliário, houve uma diminuição do porcentual com uma emenda do líder do governo, vereador Pedro Paulo (PT).

Na compra de um imóvel de R$ 300 mil, por exemplo, a transferência passará de R$ 7,2 mil para R$ 8,1 mil com o reajuste.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]