• Carregando...
José Rainha Junior, ex-líder do Movimento dos Sem-Terra | Guilherme Maranhão/Folhapress
José Rainha Junior, ex-líder do Movimento dos Sem-Terra| Foto: Guilherme Maranhão/Folhapress

Pinga-fogo

"Costumo dizer que a Constituição Brasileira só não traz o amor verdadeiro em três dias. Procurando, quase tudo é possível postular na Constituição."

Roberto Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), que considera a Constituição Brasileira muito extensa e detalhada, o que, segundo ele, favorece a "judicialização" de todos os temas.

  • Roberto Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)

O ex-líder do Movimento dos Sem-Terra (MST), José Rainha Junior (foto), promete estrear sua nova organização, a Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL), com invasões de fazendas em vários estados brasileiros durante o carnaval deste ano. A meta do "Carnaval Vermelho", como denominou a mobilização, é ocupar cem propriedades rurais em São Paulo e em outros estados. A frente foi lançada na última sexta-feira, em Presidente Venceslau, no oeste paulista, durante a assinatura de convênio entre o governo de São Paulo e a União para a reforma agrária na região. Rainha levou três mil militantes vestindo camisetas e bonés vermelhos com a marca da frente e ganhou direito a um discurso no evento. No último dia 12, o MST tentou invadir o STF e acabou sendo recebido pela presidente Dilma no dia seguinte

Agenda

Hoje – A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba prestará hoje contas,às 9 horas, de suas ações aos vereadores. O secretário da Saúde, Adriano Massuda, apresentará um balanço do terceiro quadrimestre de 2013 (setembro a dezembro).

Amanh㠖 Vereadores deverão votar um projeto de emenda à Lei Orgânica de Curitiba, de iniciativa do Executivo, sobre a alienação de terrenos públicos.

A Câmara dos Deputados começa o dia com seis projetos de lei urgentes trancando a pauta. O Marco Civil da Internet é um deles.

Peruca para Toffoli

Uma Dilma Rousseff sorridente surpreendeu os convidados para a recepção, no último sábado, em homenagem ao novo cardeal-arcebispo do Rio de Janeiro, D. Orani Tempesta, no Palácio Caetani, casa do embaixador brasileiro na Santa Sé, Dênis Souza Pinto. Em contraste com o semblante fechado exibido nas aparições públicas durante a viagem a Roma desde a última sexta-feira, a presidente distribuiu cumprimentos, saudou cozinheiros e garçons e até fez piadas. Uma delas teve como alvo o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) José Dias Toffoli e sua calvície . "Vai precisar fazer uma peruca, hein?", brincou a presidente.

Lindbergh sai

O PT do Rio de Janeiro confirmou no último sábado o nome do senador Lindbergh Faria como candidato próprio ao governo do estado. Segundo a assessoria de imprensa do partido, a indicação foi unânime e duas mil pessoas participaram da reunião. Os candidatos a vice-governador e senador só serão definidos depois que as alianças regionais e nacionais foram definidas. O PT começou a deixar o governo Sérgio Cabral (PMDB) em 30 de janeiro, quando pediu a exoneração de cerca de 350 indicados do partido que ocupavam cargos comissionados.

Racismo

O secretário municipal da Fazenda de Salvador (BA), Mauro Ricardo Costa, afirma ter sido mal interpretado nas declarações que deu em entrevista a uma rádio da capital baiana em que lamentou não poder colocar as pessoas que têm dívidas com o município no "pelourinho". O secretário acusa a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que emitiu nota repudiando suas declarações, de "retirar do contexto" e "distorcer" as palavras ditas por ele. "Quero, entretanto, pedir desculpas a todos, especialmente à comunidade negra", disse, em nota. Ele também foi secretário de finanças de São Paulo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]