| /
| Foto: /

O ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, disse na quarta-feira (16) que o governo não tem outra proposta pronta para cobrir o rombo previsto para o orçamento de 2016, caso o Congresso Nacional rejeita a criação de um tributo nos moldes da extinta CPMF. “Não tem plano B, mas estamos abertos a alternativas”, declarou. Confira como foi o bate-papo com André Gonçalves.

Ouça o Bom Dia, Brasília

Carregando o áudio...

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]