Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

Alerta

Golpes por e-mail devem aumentar no período de eleitoral

Mensagem falsa usa imagem do Tribunal Superior Eleitoral para enganar internautas. Em 90% dos casos, fraudes desse tipo tem por objetivo roubar dados financeiros

  • Gazeta do Povo
Reprodução do e-mail falso que usa o nome do TSE: cuidados devem ser redobrados em período eleitoral |
Reprodução do e-mail falso que usa o nome do TSE: cuidados devem ser redobrados em período eleitoral
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Um e-mail falso que usa o nome do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é um dos mais novos golpes aplicados pela internet. A mensagem convida o internauta para conhecer um programa que tem por objetivo estimular a participação da população como mesário nas próximas eleições. Quando o usuário faz o download do formulário para se inscrever ou conferir mais informações, um software que rouba dados é instalado no computador. O golpe foi identificado no fim do mês de maio e não é o único do gênero. A tendência é que no período eleitoral esse tipo de fraude aumente ainda mais.

“Todos os momentos de mobilização social, como acontece nas eleições, e comoção, como grandes tragédias, são aproveitados pelos hackers para praticar esse tipo de golpe, que chamamos de scam”, explica José Antonio Milagre, perito especialista em crimes digitais da Legaltech, empresa especializada em investigação digital.

Na grande maioria das vezes, esse tipo de golpe pretende roubar dados financeiros das vítimas para fazer transferências bancárias. “O grande risco é que essas ferramentas costumam alterar navegador das vítimas. Ao digitar o endereço de um site bancário, por exemplo, o usuário é redirecionado para um site falso com a mesma aparência do verdadeiro. Quando digita o usuário e senha, essa informação é roubada. Em 90% dos casos são dados”.

Portanto, os cuidados com o computador devem ser redobrados se ele serve para a utilização de serviços bancários pela internet. Manter o equipamento com anti-vírus atualizado e ser prudente na hora de abrir e-mails são os principais cuidados.

Além disso, tanto o TSE quanto o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) alertam em seus sites que não enviam e-mails de qualquer natureza.

Fonte: José Antonio Milagre, perito especialista em crimes digitais

o que você achou?

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida Pública

PUBLICIDADE