Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Osmar e Lula, em comício em Foz do Iguaçu no começo do mês: pesquisas indicam vantagem de Beto e Serra em Curitiba | Christian Rizzi / Gazeta do Povo
Osmar e Lula, em comício em Foz do Iguaçu no começo do mês: pesquisas indicam vantagem de Beto e Serra em Curitiba| Foto: Christian Rizzi / Gazeta do Povo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará amanhã comício no bairro Sítio Cercado, um dos mais populosos de Curitiba, com cerca de 200 mil habitantes. O objetivo é alavancar as candidaturas de Dilma Rousseff (PT) e Osmar Dias (PDT) no Paraná e, especialmente, em Curitiba – cidade em que o desempenho dos candidatos adversários é bom.

Dilma e Osmar estarão no comício. Será a terceira visita de Lula ao estado e o segundo comício na capital durante a campanha eleitoral deste ano (a outra cidade visitada pelo presidente foi Foz do Iguaçu).

A escolha de Curitiba é estratégica tanto para a campanha presidencial de Dilma como à de Osmar ao governo estadual. Na capital paranaense, o tucano José Serra vence Dilma na disputa pela Presidência, de acordo com a última pesquisa Datafolha presidencial, divulgada na semana passada (Dilma tem 28% das intenções de voto entre os curitibanos e Serra, 36%). Apesar disso, a petista ainda mantém a liderança no estado (41% a 35%), segundo o Datafolha.

Osmar, aliado de Lula no Paraná, também é mais fraco na capital do que o adversário, Beto Richa (PSDB). Segundo o Ibope divulgado no último dia 9, Osmar tem 28% das intenções de voto em Curitiba e 27% nas cidades metropolitanas. Richa lidera com folga nos dois principais redutos eleitorais do Paraná (57% na capital e 53% na região metropolitana). Devido ao peso eleitoral da região, Richa leva vantagem na contagem geral do Paraná, que apontou o tucano com 47% das intenções de voto contra 38% de Osmar.

Com mais de 1,3 milhão de votantes, Curitiba concentra 17% dos 7,6 milhões de eleitores do estado. Se for considerado o número de eleitores das nove maiores cidades da região metropolitana (730 mil), o peso da capital e região chega a 26,8% do total de eleitores do estado. Curitiba e as cidades vizinhas, juntas, têm 2 milhões de votantes.

Tentar tirar votos tanto de Serra quanto de Richa é o objetivo de Lula, que tem a aprovação de 72% da população de Curitiba e de 89% da região metropolitana, segundo o Ibope.

Agenda

A previsão é de que o comício amanhã, no Sítio Cercado, comece a partir das 18 horas. Porém, os discursos ficarão para mais tarde, depois das 19h30. Lula passará a quarta-feira em Brasília e deve embarcar para Curitiba no fim da tarde. O ato eleitoral está agendado para a Praça do Semeador, na Rua Cel. Joaquim A. de Azevedo, próximo ao terminal de ônibus do Sítio Cercado.

No dia seguinte, quinta-feira, o presidente segue para Maringá, onde tem agenda oficial da Presidência. Na cidade, Lula visitará as obras de rebaixamento da via férrea na Avenida Brasil e participará da inauguração das obras de reforma do Ginásio Chico Neto, que está fechado há dois anos e será reaberto no fim de semana para uma partida amistosa de vôlei feminino entre as seleções do Brasil e Estados Unidos.

Como os eventos não são oficiais, Lula não poderá pedir votos para aliados. Não havia previsão, até ontem à noite, de que haveria comício ou qualquer outra agenda política em Maringá posteriormente ao eventos oficiais. A assessoria de Dilma Rousseff, por exemplo, informou que a agenda dela não prevê viagem a Maringá junto com Lula.

Serviço:

O Ibope ouviu, entre 6 e 8 de setembro, 1.512 paranaenses. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais e a pesquisa está registrada no TRE-PR com n.º 21.413/2010 e no TSE sob protocolo n.º 29.067/2010. O Datafolha ouviu, entre 13 e 14 de setembro, 11.630 eleitores em todo o país. A pesquisa tem margem de erro de dois pontos porcentuais. Ela está registrada no TSE sob o Protocolo 30.014/2010.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]