i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Infraestrutura

Falta de manutenção prejudica trabalhos em Foz

  • PorFabiula Wurmeister, da sucursal
  • 28/03/2009 21:03

Foz do Iguaçu - Sem nenhuma reforma desde a inauguração, há 13 anos, o Fórum Estadual de Foz do Iguaçu acumula problemas que acabam dificultando o trabalho dos quase 350 servidores e estagiários e das centenas de usuários que circulam pelo prédio diariamente. Além das rachaduras nas paredes, do revestimento do piso que se solta frequentemente, exigindo reparos paliativos, e da rede elétrica e de informática defasadas, o maior desafio dos últimos meses tem sido driblar as altas temperaturas.

Quebrado desde outubro, o aparelho de ar-condicionado central estava funcionando apenas com 20% da capacidade. Como o equipamento é antigo, as peças avariadas tiveram que ser encomendadas direto da fábrica, em São Paulo. Para amenizar o calor de quase 40°C, marca comum na fronteira, o Tribunal de Justiça encaminhou ao fórum 30 ventiladores. A quantidade foi insuficiente, o que obrigou muitos servidores a trazerem ventiladores de casa.

Com cerca de 13 mil m2 e quatro andares, ainda não há data certa para o início das obras no maior fórum do interior do estado. Segundo o diretor, juiz Frederico Mendes Júnior, a reforma era esperada para fevereiro, mas com a posse do novo presidente do TJ, todos os projetos foram suspensos. "É possível que depois da análise que está sendo feita destes projetos, eles possam ser aprovados e retomados ainda neste ano", acredita. "A impressão que dá é que o prédio foi projetado apenas para atender à demanda da época, sem que fosse pensado no futuro."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.