i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Diálogo

Governo aposta em aproximação com Renan Calheiros

  • 26/07/2015 22:00

Depois que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), rompeu com o governo, o Palácio do Planalto aposta na reaproximação com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) para tentar equilibrar a correlação de forças no Congresso. Apesar de ter imposto sucessivas derrotas à presidente Dilma Rousseff no primeiro semestre, Renan está aberto ao diálogo, afirmam pessoas próximas a ele.

Na Câmara, o governo busca reconstruir a relação com antigos aliados, que romperam na campanha de 2014, como o PSB, e apela para a oposição “responsável”, pedindo que ela se afaste de Cunha, após a acusação de cobrança de propina em contratos da Petrobras. O peemedebista nega a acusação.

Quanto aos partidos da base aliada, o Planalto tenta trazer para a linha de frente deputados federais que não tenham alinhamento automático com o presidente da Câmara e que possam influenciar dentro da Casa a favor do governo.

No Planalto, a avaliação é que Renan não vai radicalizar como Cunha, apesar de ter se comportado como oposição no primeiro semestre. Essa análise é corroborada por aliados do presidente do Senado.

“(Renan) está em outra linha, não na do Eduardo Cunha. Ele não vai para o rompimento, quer ajudar “, disse pessoa próxima ao senador.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.