Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O astronauta brasileiro Marcos Cesar Pontes, que está há cinco dias na Estação Espacial Internacional (ISS), conversou nesta quarta-feira, por videoconferência, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Lula comparou a emoção da decolagem da nave Soyuz ao espaço à emoção que sentia ao ver o também brasileiro Ayrton Senna - tricampeão mundial de Fórmula 1 morto em 1994 - levando a bandeira brasileira ao lugar mais alto do pódio.

"Em poucos momentos da história do Brasil nós tivemos orgulho de um brasileiro como estamos tendo de você. Você, quando partiu (para o espaço) me lembrava o Ayrton Senna com a bandeira nacional", disse Lula, que conversou com o astronauta da sala de audiências da Presidência da República, em Brasília.

Pontes garantiu ao presidente que já finalizou de 60 a 70% dos oito experimentos que deveriam ser realizados durante a sua permanência na ISS.

"Os experimentos estão indo bem", disse Pontes.

Lula pediu ainda a Pontes que "transmitisse esperança" para as crianças.

"Obrigado por tudo, eu vou estar aguardando ansiosamente para voltar ao Brasil e dar um abraço na minha terra", disse o astronauta.

Na quinta-feira, às 18h05m, Pontes tem nova conversa, desta vez com 250 estudantes de 5ª a 8ª séries do Serviço Social da Indústria de Brasília (Sesi). A última videoconferência com o astronauta, prevista para sexta-feira, às 18h21m, será destinada a jornalistas brasileiros.

A volta de Pontes à Terra está prevista para o sábado. Após o retorno ao planeta, ele deve passar de uma a duas semanas em uma clínica na Rússia para se recuperar dos efeitos adversos que a microgravidade causa no corpo humano.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]