i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
diplomacia

Lula divulgará programas sociais ao deixar a Presidência

Durante o programa "Café com o presidente", Lula disse querer levar a experiência brasileira no combate à pobreza aos países vizinhos e à África

  • PorAgência Estado
  • 12/07/2010 15:47

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira (12) que, quando deixar o Palácio do Planalto, pretende levar à América Latina e à África os "acertos" alcançados pelo governo federal na área social. Em entrevista concedida ao programa semanal "Café com o Presidente", da Radiobrás, Lula fez um breve resumo sobre a sua viagem à África, na semana passada, e defendeu que a experiência do Brasil no combate à pobreza seja transferida para nações vizinhas.

"Quando eu deixar a Presidência, eu tenho que aproveitar o acúmulo dos acertos que nós tivemos em política social no Brasil", disse. O presidente explicou que não pretende impor a "cartilha" brasileira aos países sul-americanos, mas adaptar o modelo adotado no País à realidade local.

Lula considerou a viagem pelo continente africano como resultado de uma "dívida histórica" que o Brasil deve quitar com a África. "O Brasil é o segundo país negro do mundo, só a Nigéria tem mais população negra do que nós." O presidente destacou que, por esse motivo, o País tem um compromisso com o continente que deve ser pago "com solidariedade, gestos políticos e com ajuda."

Projetos

Entre as iniciativas do Brasil na África, Lula destacou o projeto da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) que há três anos estuda a perspectiva de produção em solo africano. O presidente ressaltou ainda o fortalecimento das relações comerciais do País com a África nos últimos oito anos. "De 2002 a 2010, tínhamos uma balança comercial de US$ 5 bilhões com a África. Passamos a ter agora US$ 26 bilhões", afirmou.

Perguntado, o presidente elogiou o interesse de empresários brasileiros no continente e defendeu investimentos do País na área de infraestrutura. De acordo com Lula, chegou a hora de o Brasil dar prioridade à África.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.