i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
crise política

Ministro Gilberto Occhi, do PP, entrega carta de demissão a Dilma

Pedido de exoneração do Ministério da Integração Nacional foi entregue à presidente nesta quarta-feira (13)

    • Folhapress
    • 13/04/2016 16:06
    Gilberto Occhi deixou o Ministério da Integração Nacional após decisão do PP de deixar a base aliada do governo. | Wilson Dias/Agência Brasil
    Gilberto Occhi deixou o Ministério da Integração Nacional após decisão do PP de deixar a base aliada do governo.| Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

    O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, entregou nesta quarta-feira (13) pedido de exoneração à presidente Dilma Rousseff.

    A carta de demissão foi apresentada pelo próprio ministro ao chefe de gabinete da Presidência da República, Jaques Wagner.

    Em uma rápida conversa, Wagner agradeceu pela atuação do ministro no desastre ambiental de Mariana (MG).

    Segundo relatos, Occhi disse que a decisão do PP de abrir mão dos cargos no governo federal “não é definitiva” e que as conversas do partido com o governo federal ainda estão abertas.

    Além do ministro, o presidente da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), Felipe Mendes, também apresentará pedido de exoneração nesta quarta-feira (13).

    Segundo a reportagem apurou, a carta de demissão do ministro está pronta desde terça (12). Em poucas palavras, ele afirma que tomou a decisão “considerando a orientação partidária”.

    Apoio ao impeachment

    Com a decisão da bancada do partido de apoiar o impeachment, o presidente nacional do PP, Ciro Nogueira, colocou os cargos que o partido tem no governo à disposição.

    A decisão ocorreu após um dia tenso, durante o qual Ciro se viu derrotado em suas articulações com a bancada da Câmara e se viu obrigado a optar pela unidade do partido.

    10 perguntas para entender a votação do impeachment

    Leia a matéria completa

    “É uma decisão que eu não defendia, não vou negar. Mas não vejo outra alternativa do que acatar a decisão da bancada. O partido solicita a carta de renúncia de quem está no governo. Já falei com o ministro da Interação Nacional, Gilberto Occhi, e com presidente da Codevasf que fizessem as cartas de renúncia como gesto de grandeza e lealdade”, afirmou.

    Em uma bancada de 47 deputados, 44 compareceram à reunião que definiu os rumos do partido. Apenas nove declararam votar pela continuidade da petista no cargo, quatro se declararam indecisos e os outros 31 já manifestaram apoio ao impeachment.

    Questionado se a legenda passa a apoiar formalmente o impeachment, Ciro Nogueira respondeu que sim. Deixou claro, contudo, que não haverá punição para aqueles parlamentares não seguirem a orientação da sigla.

    Ainda assim, o Planalto espera angariar votos dentro do partido contra o afastamento da petista. Pelos cálculos do governo, é possível conseguir pelo menos 14 votos. A expectativa realista é que contam hoje com apenas nove.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

      Receba Nossas Notícias

      Receba nossas newsletters

      Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

      Receba nossas notícias no celular

      WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

      Comentários [ 0 ]

      O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.