Palácio Jaburu foi projetado por Oscar Niemeyer em 1973 e é repleto de obras de arte. | Ichiro Guerra/PR
Palácio Jaburu foi projetado por Oscar Niemeyer em 1973 e é repleto de obras de arte.| Foto: Ichiro Guerra/PR

O eixo de poder em Brasília se deslocou cerca de um quilômetro nos últimos dias, distância entre os palácios Alvorada e Jaburu, residências oficiais da presidente e do vice-presidente da República, respectivamente.

Nesta quarta-feira (13) aliados de Michel Temer (PMDB) fizeram fila e formaram até congestionamento na Via Palácio Presidencial, caminho para a residência oficial do peemedebista – e também para a residência oficial de Dilma, que fica um pouco mais à frente.

FOTOS: Conheça o Palácio Jaburu

Somente entre 15 h e 19 h, 71 carros passaram pela portaria do Palácio do Jaburu nesta quarta-feira (13). Isso significa que, neste período, entrou no Jarabu um carro a cada três minutos. No momento mais movimentado, entre 15h e 16h45, passaram pelos portões 45 carros, um a cada dois minutos.

Por volta das 17h, uma fila de seis carros fez o trânsito na avenida onde se localiza o palácio parar enquanto os seguranças liberavam a entrada. Um deputado que participou do encontro descreveu um “clima de festa” dentro do prédio. Outro disse que estavam todos confiantes na vitória nas “eleições” de domingo — confundindo-se com a votação do processo de impeachment na Câmara dos Deputados.

O Palácio Jaburu

O Palácio Jaburu foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer em 1973. Possui diversas obras de arte de artistas renomados, como o próprio Niemeyer, que além da planta, também contribuiu com o design de uma poltrona marquesa, que fica logo na entrada da residência oficial.

A sala de estar conta com um painel de vidro assinado por Marianne Peretti, além de três quadros de Rossini Perez. No pátio coberto, a escultura “Leda e o Cisne”, de Alfredo Ceschiatti, divide espaço com poltronas e uma mesa de reuniões. O Palácio ainda conta com uma piscina e um jardim projetado por Roberto Burle Marx.

A principal característica do Jaburu é o fato de ser uma construção exclusivamente destinada a moradia. Os seus 4.283 metros quadrados privilegiam mais a área externa do que as áreas comuns. A construção está localizada ao longo da Via Presidencial, entre os Palácios do Planalto e Alvorada. A residência oficial foi ocupada em 1977 por Adalberto Pereira dos Santos, vice-presidente de Ernesto Geisel. Desde então, outros seis vice-presidentes já passaram pelo Jaburu, incluindo Temer.

“Mudou a perspectiva de poder. A perspectiva de poder não está mais no Palácio da Alvorada. Está no Jaburu”, disse o deputado Marcelo Aro (PHS-MG), que participou nesta quarta-feira de uma reunião na residência do vice.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]