Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O PTB do ex-deputado Roberto Jefferson, delator do mensalão, voltará a ter assento no governo. A presidente Dilma Rousseff decidiu nomear o presidente nacional do PTB, Benito Gama, para a vice-presidência de Governo do Banco do Brasil. A cadeira estava vaga desde a saída de César Borges (PR), que deixou o cargo em abril para ser ministro dos Transportes, na esteira de uma briga do PR para retomar o controle da pasta.

A escolha de Gama para a vice-presidência do Banco do Brasil foi comunicada nesta quarta-feira por Dilma ao governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), que esteve com ela no Palácio do Planalto. Gama também é baiano e sua ida para o Banco do Brasil contou com o apoio de Jefferson, que em 2005 denunciou um esquema de compra de votos no governo Lula, em troca de apoio parlamentar.

Apesar de integrar a base aliada do governo Dilma, o PTB reclama há tempos da falta de cargos no primeiro escalão. Desde que Luiz Felipe Denucci - presidente da Casa da Moeda por indicação do PTB - foi demitido em meio a denúncias de corrupção, em fevereiro do ano passado, o partido de Jefferson se queixava da falta de espaço no governo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]