João Arruda, Deputado federal | Roberto Dziúra/ Gazeta do Povo
João Arruda, Deputado federal| Foto: Roberto Dziúra/ Gazeta do Povo

Agenda

• Hoje: a Assembleia Legislativa vota, em segunda discussão, a transformação jurídica da Appa de autarquia em empresa pública.

• Amanhã: o Congresso faz a primeira sessão para analisar vetos presidenciais com voto aberto. Três vetos estão na pauta.

• Quarta-feira: o STF deve julgar uma ação apresentada pela OAB que visa declarar a inconstitucionalidade do financiamento privado de campanhas eleitorais.

  • Roberto Freire, presidente nacional do PPS

O deputado federal João Arruda (foto) disse ontem que já não concorda com a posição do senador Roberto Requião de aguardar uma decisão da Executiva Nacional do PMDB sobre a convenção do partido em Curitiba, realizada em julho, que foi impugnada. Uma nova convenção seria realizada ontem, mas foi adiada. Nos bastidores está a possível candidatura de Requião ao governo do estado no ano que vem. Arruda acredita que postergar a eleição para depois do recesso vai colocar mais lenha na fogueira. "Talvez fosse interessante um acordo, mas sem faca no pescoço." Segundo ele, após a impugnação, a chapa teve apenas dois meses para filiar aliados, o que teria deixado a disputa em desigualdade. Já o deputado estadual Stephanes Jr., que defende o apoio à reeleição do governador Beto Richa (PSDB), disse que só suspendeu a convenção a pedido do vice-presidente Michel Temer.

Aliás...

O PMDB realizou convenções ontem em 33 cidades paranaenses, mas o presidente do partido no Paraná, deputado federal Osmar Serraglio, disse que só terá os resultados hoje. As convenções foram suspensas em Colombo, Açaí e Amaporã.

Mensaleiro

Laudo médico pedido pelo STF para avaliar a saúde do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), delator do mensalão, afirma que ele não precisa ficar em prisão domiciliar. Segundo a Globo News, os resultados da perícia informam que não foi encontrada "qualquer evidência" do câncer do qual ele se tratou após a retirada de um tumor no pâncreas em 2012. Cabe ao presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, a partir do laudo, determinar se Jefferson deve ficar preso em regime semiaberto ou se pode cumprir sua pena em casa. O ex-deputado foi condenado a sete anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

PSol na luta

O PSol lançou no sábado seus pré-candidatos ao governo do Paraná e ao Senado. Bernardo Pilotto deverá concorrer ao Palácio Iguaçu e Luiz Piva, ao Senado. Formado em Ciências Sociais e mestrando em Saúde Coletiva na Universidade Federal de São Paulo, Pilotto tem 29 anos e é servidor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) no Hospital de Clínicas. Piva, de 51 anos, foi militante do PT desde a década de 70. Foi vereador de Almirante Tamandaré entre 2001 e 2005.

Pinga-fogo

"O apoio ao (Eduardo) Campos significa um reencontro de um partido de vertente comunista, o PPS, e outro de vertente socialista, o PSB, que historicamente é um aliado nosso."

Roberto Freire, presidente nacional do PPS, sobre o apoio à candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), à Presidência no ano que vem. O PPS aprovou um indicativo de apoio a Campos no sábado.

Colaborou: Camille Bropp Cardoso.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]