Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Rejeição

A pesquisa realizada pelo Ibope ouviu 812 eleitores. Veja em quem eles disseram que não votariam de jeito nenhum:

• Rafael Greca (PMDB): 49%

• Renata Bueno (PPS): 35%

• Luciano Ducci (PSB): 32%

• Dr. Rosinha (PT): 31%

• Ratinho Jr. (PSC): 28%

• Gustavo Fruet (PDT): 16%

Fonte: Pesquisa Ibope registrada no TRE do Paraná com o número 00001/2012. O levantamento foi realizado entre os dias 27 e 29 de março, com 812 entrevistas. A margem de erro é de até 3 pontos percentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança apontado pelo instituto é de 95%.

Governador

Richa minimiza levantamento e diz que campanha não começou

Chico Marés

O governador Beto Richa (PSDB) minimizou os resultados da pesquisa Ibope/CBN sobre a eleição para a prefeitura de Curitiba. No levantamento, o prefeito Luciano Ducci (PSB), que conta com o apoio de Richa, aparece na terceira colocação. Ducci também perde em todos os cenários de segundo turno e tem um índice de rejeição maior do que o de seus principais adversários, Gustavo Fruet (PDT) e Ratinho Jr. (PSC) – empatados tecnicamente em primeiro lugar em um dos cenários.

"É muito cedo, a campanha eleitoral nem começou ainda. Na verdade, nem temos candidatos, até porque a legislação eleitoral não permite que ninguém se intitule ‘candidato’ antes das convenções partidárias", declarou o governador, que questionou a legitimidade da sondagem.

Os pré-candidatos à prefeitura de Curitiba que aparecem com maiores índices de rejeição na primeira pesquisa registrada do ano, realizada pelo Ibope e divulgada no último sábado, afirmam que "ainda é cedo" para definir o quadro eleitoral. Todos dizem que, daqui até outubro, será possível fazer com que o eleitor conheça melhor as proposas de cada candidatura e, assim, reverter a situação.

De acordo com a pesquisa Ibope, encomendada pela rádio CBN, a rejeição dos principais candidatos varia entre 16% e 49% (veja quadro ao lado). O índice tem margem de erro de 3 pontos porcentuais para mais ou para menos. No caso de índice de rejeição, os entrevistados foram ouvidos sobre apenas seis pré-candidatos.

O candidato que aparece com maior porcentual de rejeição na pesquisa é o ex-prefeito Rafael Greca (PMDB). De acordo com ele, a situação tende a mudar com o desenrolar da campanha. "Quando ganhei do pai do Gustavo Fruet (PDT), eu comecei a campanha com 4% e ele estava lá na frente", diz. Na eleição de 1992, Greca derrotou o ex-prefeito Maurício Fruet na campanha pela prefeitura de Curitiba. Para ele, o fato de 75% não saberem dizer quem era seu candidato na pesquisa espontânea mostra que há espaço para crescimento.

A vereadora Renata Bueno, pré-candidata do PPS, aparece com a segunda maior rejeição, com 35%. Ela credita o desempenho à sua atuação na Câmara Municipal, que teria contrariado muitos interesses. "Combati a corrupção e isso fez com que muita gente perdesse cargos e benefícios", afirma. Renata diz ainda que sua campanha não foi lançada e que há tempo para reverter o quadro.

Com 31% de rejeição, o deputado federal Dr. Rosinha (PT) afirma não acreditar que o resultado mostre o que a população pensa dele, pessoalmente. "Em parte, isso tem a ver com desconhecimento do trabalho da gente. E em parte o PT sempre teve uma certa rejeição em Curitiba." Rosinha diz que aposta no apoio de lideranças do PT, como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff, para reverter a situação.

Ratinho Jr. (PSC), que aparece com o segundo menor índice de rejeição (28%), afirma que as pessoas que dizem que não votariam nele de nenhuma maneira podem estar enganadas em relação ao seu perfil. "Imaginam que sou um candidato popular sem currículo. Mas quando puder mostrar meu passado e minhas ideias, isso muda", afirma.

Candidato com menor rejeição na pesquisa, o ex-deputado federal Gustavo Fruet (PDT) preferiu não comemorar o dado. Na eleição de 2010, quando disputou o Senado contra Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT), Fruet criticou muito os institutos de pesquisa. "Uma boa notícia será ter vários institutos fazendo sondagens para que possamos compará-las."

A reportagem tentou contato com o prefeito Lu­ciano Ducci (PSB), que aparece com 31% de rejeição, mas a assessoria informou que ele não tem comentado assuntos relativos à eleição municipal.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]