Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), anunciou nesta quinta-feira (22) uma série de cortes nas despesas da administração municipal para economizar R$ 314 milhões até o fim de 2014. O plano de contenção de custos prevê redução dos gastos com locação de veículos, telefonia móvel, passagens e diárias, diminuição de pedidos horas extras e afastamento de 95 cargos de confiança (Ccs).

Também estabelece que os vencimentos do prefeito, de R$ 15,5 mil serão o teto do funcionalismo público municipal, medida que atinge 214 servidores com remunerações superiores. Fortunati afirmou que o crescimento da receita não acompanha o da despesa. Apesar dos cortes, afirmou que investimentos e serviços essenciais não serão afetados. "Porto Alegre ainda está numa situação bastante cômoda em relação a muitos municípios brasileiros, mas precisamos ser cautelosos", justificou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]