Roberto Requião, senador | Hugo Harada/ Gazeta do Povo
Roberto Requião, senador| Foto: Hugo Harada/ Gazeta do Povo
  • Unidade da Defensoria Pública do Paraná em Londrina
  • Emídio Souza, presidente do PT de São Paulo

O senador Roberto Requião (PMDB, foto) publicou ontem no seu site cópia da representação ao Ministério Público do Paraná em que questiona a antecipação da distribuição de dividendos da Sanepar. O documento pede uma apuração do MP sobre o caso e questiona "o fato de que não há como se auferir o lucro do exercício sem que esse exercício, no caso de 2013, tenha se encerrado". Ele ainda questiona a elevação acima da inflação na tarifa cobrada pela Sanepar nos últimos três anos. "E é com esta elevação exorbitante das tarifas que a empresa tem produzido lucros exacerbados, sem que tenha aplicado parcela significativa na ampliação e na melhoria da qualidade dos sistemas de abastecimento de água e da coleta de esgoto no Estado", diz Requião na representação.

Ranking

O vereador de Curitiba Valdemir Soares (PRB) diz que sua posição no ranking de solicitações feitas à prefeitura de Curitiba, divulgado ontem pela Gazeta do Povo, "não é justa". Segundo o levantamento, dentre os 38 vereadores, Valdemir foi quem fez menos requerimentos em 2013: seis no total. "A pesquisa foi feita com base nos registros oficiais da Câmara. Mas a maior parte dos pedidos eu faço por ofício diretamente ao prefeito, sem fazer o registro oficial", afirma. Além disso, segundo o vereador, a quantidade de proposições não mostra se o vereador faz um bom trabalho. "Se for o caso, peço 50 creches para cada bairro amanhã e passo de 2 mil solicitações em um dia."

Defensoria em Londrina 1

A unidade da Defensoria Pública do Paraná em Londrina (foto) iniciou o atendimento à população na última segunda-feira sem servidores, equipamentos de informática e material administrativo, informa o Jornal de Londrina. A precariedade do escritório obriga os quatro defensores públicos a restringir o atendimento somente aos casos relacionados à infância e juventude e à execução penal. No último concurso público foram aprovados 63 servidores, mas não há previsão de quando eles vão assumir os cargos.

Defensoria em Londrina 2

Já a Defensoria Pública da União em Londrina, apesar de instalada na cidade desde setembro de 2010, passou a atender na sede própria apenas em outubro do ano passado. A mudança, no entanto, não foi acompanhada de infraestrutura. Segundo o defensor público-chefe em Londrina, Sérgio Fumio Oura, faltam mesas, cadeiras, computadores e o pessoal da limpeza. Dois editais de licitação foram lançados para resolver os problemas.

Com a França

O Instituto Municipal de Administração Pública (Imap) de Curitiba informa ter firmado uma parceira com a L’Ecole Nationale d’Administration da França (ENA). O objetivo, segundo a prefeitura, é promover o fomento de projetos de gestão pública, com troca de experiências e formação de servidores.

Pinga-fogo

"O PSDB tem o calcanhar de Aquiles deles e nós temos o nosso."

Emídio Souza, presidente do PT de São Paulo, em entrevista à Agência Estado, sobre os escândalos recentes envolvendo as siglas, como o mensalão e o cartel do metrô.

Colaboraram: Cristiane Oya, Rogerio Galindo e Bruna Maestri Walter.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]