Se as eleições presidenciais fossem realizadas hoje, o candidato do PSDB Aécio Neves teria 46,8% das intenções de voto dos paranaenses e ficaria em 1.º lugar na disputa no Paraná. De acordo com a pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas, o 2.º lugar no estado seria de Marina Silva, que aparece com 17,9% das intenções de voto.

Nesse cenário, o presidente Lula (PT) chegaria apenas ao terceiro lugar com 14,9%. Segundo a pesquisa, 4% dos paranaenses votariam no presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB). O senador Ronaldo Caiado (DEM) aparece com 2,8% dos votos.

“O resultado de presidente ainda é o recall da campanha passada, em que o Aécio venceu bem no Paraná. E o fato da gestão da Dilma estar mal avaliada favorece ainda mais”, avalia o presidente do Instituto Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo.

O cenário favorável ao PSDB no Paraná muda se o candidato tucano for o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. O tucano ficaria em segundo lugar, com 26,8% das intenções de voto no Paraná, atrás da candidata Marina Silva, que teria 28% dos votos.

Nesse novo cenário, o ex-presidente Lula continuaria em terceiro lugar, mas dessa vez com 16,9% das intenções de voto. Segundo Hidalgo, isso mostra que o voto não é do PSDB, mas de Aécio. Nesse segundo cenário Cunha também sobe na pesquisa. O presidente da Câmara teria 6,11% dos votos. Caiado chegaria aos 3,2%.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]