Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

10 hábitos diários altamente eficazes para não ganhar peso

Saiba quais pequenas decisões na rotina fazem a diferença na balança e geram resultados positivos

Sem apelar a dietas restitivas, você tem muito mais resultados efetivos seguindo à risca algumas dicas. Foto: Bigstock.Sem apelar a dietas restitivas, você tem muito mais resultados efetivos seguindo à risca algumas dicas. Foto: Bigstock.

Para a maioria das pessoas, mudar hábitos é muito difícil. Porém, em relação à alimentação, isso não deve ser encarado como uma tarefa hercúlea.

Realizar pequenas trocas ao longo do tempo, evitar levar para casa produtos não saudáveis, deixar sempre à vista alimentos nutritivos e arregaçar as mangas de vez em quando são atitudes capazes de dar muito mais resultados efetivos do que apelar a dietas restritivas milagrosas, que você sabe muito bem que não chegam a resultado algum em médio e longo prazo.

1. Não passe fome

Fazer refeições e lanches em intervalos regulares evita a fome e ajuda a resistir às beliscadas durante o dia e previne exageros.

2. Escolha porções menores

Quando estamos a frente de grandes porções de alimentos, mesmo sem fome a nossa tendência é continuar comendo. Isso ocorre também quando colocamos as porções na mesa. Leve o prato já servido até onde irá comer, evitando repetir.

3. Metade imprescindível

Complete metade do prato com vegetais e legumes. Com isso tendemos a comer menos de outros alimentos de baixo potencial nutritivo. E faça um prato bem colorido.

4. Repagine sua cozinha

Mantenha uma tigela de frutas no balcão da cozinha, evitando deixar qualquer junk food a mostra. Manter alimentos saudáveis ​​à mão ajuda nas escolhas e previne o ganho de peso.

5. Cozinhe mais

Quando se cozinha em casa, faz-se escolhas alimentares mais saudáveis e têm menos ganho de peso e um menor risco de obesidade e de desenvolver diabete.

6. Frutas inteiras

Concentre-se em frutas inteiras mais do que beber suco, mesmo sendo 100% da fruta. Troque seus snacks como cookies, brownies ou outras guloseimas adoçadas com açúcar por frutas congeladas, secas ou até enlatadas. Use frutas inteiras – e só – como sobremesa.

7. Grãos inteiros

Escolha alimentos de grãos inteiros mais frequentemente do que grãos refinados, pelo menos metade. Alguns grãos inteiros comuns incluem farinha de aveia, farinha de trigo integral e pipoca.

8. Baixo teor de gordura

Escolha lácteos de baixo teor de gordura, desnatados e iogurte. Cream cheese, manteiga e creme não são alimentos lácteos. Eles têm pouco ou nenhum cálcio e muita gordura saturada.

9. Frutos do mar

Coma frutos do mar duas vezes por semana, incluindo peixe e marisco. Varie seu aporte de proteínas inserindo também feijão, nozes, sementes, soja, ovos, carnes magras e aves. Adicione o feijão ou ervilha, nozes e sementes sem sal e soja em pratos principais e lanches.

10. Leia o rótulo

Leia rótulos e nutricional para encontrar produtos com menos gordura saturada e sódio. Use a lista de ingredientes para encontrar opções com menos açúcar adicionado. Corte bebidas açucaradas, como sucos de frutas e refrigerantes.

Fontes: Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade (Abeso) e Choose My Plate, um programa do Departamento de Saúde dos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário