14 exames que devem ser feitos pelo casal que pretende ter filhos

A consulta pré-concepcional é essencial para quem deseja engravidar. Além dos exames para o casal, há testes específicos para mulher e homem

Quem quer gestar deve visitar o médico ginecologista e obstetra pelo menos três meses antes do início das tentativas. Foto: Bigstock.Quem quer gestar deve visitar o médico ginecologista e obstetra pelo menos três meses antes do início das tentativas. Foto: Bigstock.

Para as mulheres que desejam engravidar, passar pela consulta pré-concepcional é de extrema importância para a saúde fetal e materna. Quem quer gestar deve visitar o médico ginecologista e obstetra pelo menos três meses antes do início das tentativas, para avaliar a história clínica e possíveis características que aumentem o risco da gestação, encontrando maneiras de preveni-lo ou minimizá-lo.

>> RECEBA notícias de saúde no seu celular e fique sempre bem informado!

O médico passa por toda a história familiar da mulher e verifica doenças genéticas e crônicas (hipertensão, alterações da tireóide e diabete, por exemplo), se há alguma condição que precise ser compensada antes da gestação e o índice de massa corporal (IMC, que pode sugerir a necessidade de perder ou ganhar peso).

O médico também faz o exame das mamas e o preventivo (Papanicolau) e encaminha a mulher para a realização de exames laboratoriais para rastrear doenças que devem ser tratadas antes da gravidez, como as sexualmente transmissíveis (DST) e as endócrinas. Em algumas situações, também se pede um ultrassom transvaginal para avaliar as condições do útero, trompas e ovários.

A mulher sai da consulta com a recomendação para iniciar o uso de ácido fólico, que deve começar, pelo menos, três meses antes da gestação e se prolongar até a 12ª semana de gravidez, para prevenir doenças e má-formação do tubo neural do bebê.

 Veja a lista de exames essenciais para o casal que deseja ter um filho:

VDRL: pesquisa a existência de sífilis

Sorologia para hepatite B e C: analisa o contato prévio com o vírus

Grupo sanguíneo e fator Rh: identificam o tipo sanguíneo e o fator Rh do pai e da mãe, o que leva à prevenção da eritroblastose fetal

Exame de urina: identifica a existência de infecções urinárias, que podem comprometer o sucesso da gestação

Sorologia para HIV: identifica a presença de anticorpos contra o vírus causador da AIDS

Glicemia: identifica a diabetes ou a propensão ao desenvolvimento da doença

Parasitológico: detecta a presença de parasitas que provocam a perda de ferro e outros nutrientes, importantes para a saúde da mãe e do bebê

 Exames pré-concepcionais específicos para a mulher:

Dieta da Fertilidade: auxílio na gestação e na saúde em geral

Antes mesmo de engravidar, alguns exames são essenciais para mulheres.  (Foto: Bigstock)

– Sorologia para rubéola: analisa a existência de imunidade contra a rubéola que, se contraída durante a gravidez, pode ser transmitida ao bebê, com inúmeros riscos à saúde

– Sorologia para toxoplasmose: analisa a presença de anticorpos contra a doença, que pode causar sérias complicações ao bebê

– Sorologia para citomegalovírus: analisa a existência de infecções anteriores pelo citomegalovírus que, se presente na gravidez, pode causar sérias consequências ao bebê

– Papanicolau: diagnostica precocemente o câncer do colo do útero

– Dosagens hormonais (FSH, LH, progesterona e prolactina): pesquisam o correto funcionamento dos ovários

– Ultrassonografia pélvica: examina as estruturas do útero, trompas e ovários

 Exame pré-concepcional específico para o homem:

– Espermograma: verifica a fertilidade masculina e a existência de processos infecciosos nos testículos e na próstata

LEIA MAIS

8 recomendações para você

Deixe seu comentário