Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Em qual lado dói quando há apendicite? Veja sintomas antes e depois de inflamar

Sinais clássicos da inflamação do apêndice, como dor na lateral do abdome e febre, só aparecem depois de instalada a doença

Antes de a doença se formar, o órgão emite sinais importantes: dor na boca do estômago, desconforto e indisposição. Foto: Bigstock.Antes de a doença se formar, o órgão emite sinais importantes: dor na boca do estômago, desconforto e indisposição. Foto: Bigstock.

Febre, vômito e dor na lateral direita do abdome são sinais conhecidos da apendicite.

Porém, antes mesmo de a doença se formar, e dos médicos serem capazes de fazer o diagnóstico da inflamação do apêndice, o órgão emite sinais importantes.

São eles: dor na boca do estômago, desconforto e indisposição, que se confundem com problemas gastrointestinais.

A dor começa generalizada na região do abdome, confundindo com o estômago, porque a inflamação do apêndice ainda não atingiu o tamanho completo, e não chegou a incomodar o peritônio, uma membrana que recobre as paredes do abdome e a superfície dos órgãos digestivos, que causa a dor localizada. A partir de então, o apêndice se torna uma bomba-relógio, e a única solução é a cirurgia.

Como ele não tem um ponto fixo no organismo, conforme explica Leonardo Dudeque Andriguetto, cirurgião geral e do aparelho digestivo, muitas vezes as dores causadas pelo apêndice podem confundir os médicos.

“Se o apêndice estiver em contato com a bexiga, vai simular uma infecção urinária, a pessoa vai sentir ardência para urinar. A recomendação que damos aos pacientes e médicos é que, em qualquer dor abdominal, descarte a apendicite, independentemente da idade e do sexo, porque a evolução é muito rápida”, explica.

Não são necessários exames de imagem ou de sangue para o diagnóstico, que às vezes são solicitados pelos médicos apenas para confirmar a inflamação, como uma tomografia computadorizada.

A solução é única: cirurgia. Através de uma laparoscopia, sem cortes profundos, o cirurgião do aparelho digestivo consegue fazer a retirada do apêndice e, em questão de dias, a pessoa pode voltar para a rotina.

Idade e gênero

Embora seja uma doença com maior probabilidade de acontecer em homens, as mulheres também não estão livres da apendicite.

A idade mais comum é entre 15 e 25 anos e, infelizmente, não há forma alguma de prevenir.

“A inflamação acontece de uma hora para a outra e não há nada que possa ser feito previamente, nem na alimentação. A apendicite é um processo inflamatório dos gânglios ao redor do apêndice”, explica Rodrigo Fontan, cirurgião do aparelho digestivo.

“Em mulheres (a apendicite) pode se confundir com inflamação de trompas, ovário policístico, cisto de ovário ou infecção urinária. Nos homens, a probabilidade de não achar a inflamação é menor, mas também pode ser confundido com infecção urinária ou problema intestinal”, diz Rodrigo Fontan, cirurgião do aparelho digestivo.

Medicamento contra dor

Mesmo que a pessoa faça uso de medicamentos contra a dor da apendicite, o remédio não irá mascarar os sintomas por muito tempo. A dor acaba voltando, visto que a única solução é passar pela cirurgia que retira o apêndice.

12 horas

é o tempo máximo que os pacientes podem esperar para que a dor abdominal passe, caso seja algum problema gastrointestinal e não uma apendicite.

95%´das vezes

em que homens têm dor localizada no lado direito do abdome, com febre, enjoo e falta de apetite, a resposta é apendicite. Nas mulheres, a probabilidade é menor.

Fique atento

Confira os principais sintomas do apendicite, antes e durante a doença, e até o que pode confundir médicos e pacientes:

  • Sintomas antes de a doença surgir 

Dor generalizada pelo abdome
Indisposição
Desconforto
Febre baixa
Dor ao urinar (caso o apêndice esteja muito próximo da bexiga)

  • Outras condições que podem confundir o paciente e médico

    Em mulheres
Inflamação das trompas
Ovário policístico
Infecção urinária

    Em homens
Infecção urinária
Problemas intestinais

  • Sintomas depois que o apendicite se instaura

Dor na lateral direita do abdome, próximo ao umbigo
Indisposição
Perda de apetite
Febre alta
Ânsia de vômito
Enjoo

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário