i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Saúde e Bem-Estar

França diminui restrições à doação de sangue por homossexuais

A partir de 2020, o período de abstinência sexual imposto a homossexuais para a doação de sangue cairá de um ano para quatro meses

  • PorGazeta do Povo
  • 18/07/2019 11:50
A medida seria uma evolução e um primeiro passo nos planos para trazer aos homossexuais as mesmas condições impostas aos doadores heterossexuais até 2022. Foto: Bigstock.
A medida seria uma evolução e um primeiro passo nos planos para trazer aos homossexuais as mesmas condições impostas aos doadores heterossexuais até 2022. Foto: Bigstock.| Foto:

A partir de fevereiro de 2020, o período de abstinência sexual imposto a homens homossexuais para a doação de sangue cairá de um ano para quatro meses na França.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (17) pelo Ministério da Saúde do país. Entre 1983 e 2016, era proibido na França que homens homossexuais doassem sangue. A justificativa era de que a medida era preventiva contra o contágio do vírus do HIV.

Em 2016, proibição foi revogada e substituída pela condição de um ano de abstinência sexual para homossexuais. Aqueles que tivessem mantido relações apenas com um parceiro nos quatro meses anteriores, no entanto, podiam doar plasma – o mesmo critério imposto aos demais doadores.

De acordo com o órgão, a medida seria uma evolução e um primeiro passo nos planos para trazer aos homossexuais as mesmas condições impostas aos doadores heterossexuais até 2022.

Ela vem também como reflexo da análise de dados dos últimos anos, que concluiu que a permissão da doação de sangue por homens homossexuais não causou impacto no risco de transmissão do HIV por meio de transfusão de sangue.

>> Emagrecedores dominam lista de remédios manipulados mais vendidos no Brasil

No Brasil

Cada país tem suas próprias regras para para a doação de sangue, e o Brasil estabelece um período mínimo de 12 meses de abstinência sexual para homossexuais — mas a medida é também aplicável a qualquer pessoa que tenha tido parceiros múltiplos ao longo do período.

Segundo a Portaria n° 158/2016, do Ministério da Saúde, as seguintes situações impedem a doação de sangue por um ano: sexo em troca de dinheiro ou drogas; sexo com um ou mais parceiros ocasionais ou desconhecidos; violência sexual; homens que tiveram relações sexuais com outros homens; relações sexuais com portadores de HIV, hepatite B ou C ou de outras infecções “de transmissão sexual e sanguínea”; sexo com pacientes de terapia renal substitutiva ou com pacientes com histórico de transfusão de componentes sanguíneos ou derivados; contato de mucosa e/ou “pele não íntegra” com material biológico. Também se excluem por 12 meses os parceiros sexuais de pessoas que estiveram expostas a essas situações.

LEIA TAMBÉM

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.