Qual a relação das aftas que aparecem nas boca com o câncer?

A afta pode ser um efeito colateral de alguns tipos de quimioterapia. Porém, ela não é a causa do câncer, mas uma consequência do tratamento, como alertam os médicos

Voltou a circular em grupos de WhatsApp uma fake news relacionando às aftas ao surgimento de tumores. Foto: Bigstock

Acordar de manhã com uma afta na boca é algo bastante desconfortável. Porém, “descobrir” que a lesão bucal pode ser a causa de um câncer já tirou o sono de algumas pessoas.  Se você é uma delas, vamos com calma: isso não passa de um boato. Voltou a circular em grupos de WhatsApp uma fake news relacionando às aftas ao surgimento de tumores, sugerindo que o tratamento de qualquer tipo de câncer poderia ser feito à base de injeções bicarbonato de sódio.

>> Jovem recebe 200 ofertas de emprego após artista personalizar seu cartaz

O Ministério da Saúde compartilhou uma nota alertando para os riscos de se acreditar em falsas informações que circulam pela internet.

“Os pacientes com câncer realmente têm infecções oportunistas com mais frequência, incluindo por fungos. Estas infecções podem se manifestar com aftas na boca e mucosas. Entretanto, não há comprovação, nem mesmo uma suspeita, de que estas infecções sejam causa de câncer”, diz o comunicado.

O médico Roger Akira Shiomi, oncologista clínico do Hospital Nossa Senhora das Graças e do Hospital das Clínicas, de Curitiba, confirma essa informação. “A afta pode ser um efeito colateral de alguns tipos de quimioterapia em pacientes com câncer. Então, ela não é a causa do câncer, mas uma consequência do tratamento”, explica o doutor.

A origem do boato

Conforme toda fake news, ela traz dados vagos, dizendo que um médico italiano teria descoberto esse tratamento milagroso, mas sem falar quem ele seria. Ao contrário de outras notícias falsas, entretanto, esta se baseia em algo que de fato aconteceu: o ex-oncologista italiano Tullio Simoncini foi quem começou essa história.

Em meados dos anos 2000, Simoncini garantiu que o tratamento com injeções de bicarbonato de sódio seria eficaz contra qualquer tipo de câncer. Entretanto, ele nunca apresentou provas concretas dessa afirmação e, em 2006, acabou tendo o seu registro médico cassado na Itália. Ele continuou exercendo a profissão ilegalmente, sendo apontado como responsável pela morte de alguns pacientes.

Uma alemã, de 58 anos, morreu após se submeter ao tratamento de Simoncini. Ela tinha câncer de mama e levou 20 injeções na região dos tumores, morrendo por conta de uma alcalose metabólica, condição na qual o sangue fica com o pH muito acima do normal. A mesma causa mortis foi apontada em um rapaz italiano, de 27 anos, que tinha um tumor cerebral e também passou pelas mãos de Simoncini. Em janeiro de 2018, o ex-médico foi condenado a 5 anos e meio de prisão por conta dessa última morte.

Quando ficar alerta com as aftas

“Existem lesões na boca que podem ser pré-cancerosas, principalmente em pessoas que fumam ou que têm hábito de beber”, explica o oncologista Roger Shiomi. Essas feridas podem até ser confundidas com aftas, mas normalmente possuem uma cor mais esbranquiçada e demoram mais para sumir. “Qualquer lesão mais diferente na boca precisa ser investigada”, alerta Shiomi.

Dor, incômodo e dificuldade para se alimentar são sintomas comuns de quem sofre com as aftas. Foto: Bigstock

Dito isso, o bicarbonato de sódio pode entrar no tratamento da afta em si, mesmo em pacientes que desenvolveram as lesões bucais por conta da quimioterapia. Ele irá agir apenas nas aftas, não tendo eficácia alguma sobre o câncer tratado pelo paciente.

“Pode-se usar o bicarbonato, os antissépticos bucais, o laser e terapias fúngicas, que muitas vezes melhoram essas lesões da boca”, explica o doutor Johnny Camargo, oncologista e hematologista do Hospital Erasto Gaertner e do Intituto de Oncologia do Paraná. “O tratamento do câncer é o restante: quimioterapia, radioterapia, imunoterapia e cirurgia”, complementa Camargo.

Portanto, não existe na literatura médica mundial qualquer comprovação de que o bicarbonato pode ter algum efeito no tratamento do câncer. “Não existe evidência para tratar a doença com bicarbonato de sódio, tanto que a comunidade científica baniu o seu uso e o médico que fez a proposta”, finaliza Camargo. Já Shiomi lembra que, para evitar o câncer, o ideal é manter hábitos saudáveis, como alimentação de qualidade, prática de atividades físicas e evitar o tabagismo e o alcoolismo.

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário