i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

A Protagonista

Foto de perfil de A Protagonista
Ver perfil

PSB abre caminho e “Projeto Joaquim Barbosa candidato” pode sair do papel em 2018

  • PorOlavo Soares
  • 13/12/2017 09:01
PSB abre caminho e “Projeto Joaquim Barbosa candidato” pode sair do papel em 2018
| Foto:

O PSB convidou o ex-ministro Joaquim Barbosa a ser candidato a presidente da República pela legenda em 2018. O pedido foi feito durante reunião com Barbosa e parte da bancada do partido na Câmara, realizada em São Paulo na segunda-feira (11). O ex-ministro ficou de dar uma resposta aos socialistas nas próximas semanas.

O líder do partido na Câmara, deputado federal Júlio Delgado (MG), conversou com A Protagonista e confirmou o aceno a Barbosa. “A gente reiterou o convite para que ele possa não só entrar no quadro do PSB, mas para o ser candidato que a sociedade brasileira, que o povo brasileiro nesse momento espera. Um candidato que esteja fora desse cenário político desastroso e que tenha o comprometimento de resgate da decência na política brasileira”, declarou.

Embora considere a possibilidade de recusa do convite para disputar a Presidência, o PSB não imagina Barbosa ingressando na legenda e se candidatando a outro cargo, como explica também deputado federal Bebeto (PSB-BA): “não se chegaram a discutir outras possibilidades”, destacou o parlamentar.

O convite do PSB foi o “mais oficial” que Joaquim Barbosa recebeu em 2017, mas não o único. O ex-ministro se aproximou da Rede, partido de Marina Silva, e foi cogitado como possível vice da ex-senadora ou mesmo como titular da chapa do partido. Ele também foi relacionado com Luciano Huck, quando o apresentador da Globo tinha sua candidatura presidencial cogitada – segundo veiculado pela imprensa, Huck havia apontado Barbosa como um “ótimo nome” para um eventual ministério.

Aldo Rebelo e correntes internas
Caso o PSB confirme a candidatura de Joaquim Barbosa, terá que achar um lugar para Aldo Rebelo. O ex-presidente da Câmara se filiou à legenda em novembro e seu ingresso no PSB foi muito ligado a uma eventual candidatura presidencial ou mesmo a vice, caso o PSB optasse por se coligar a outro partido.

“É mais que natural que um nome da estatura do Aldo possa ter também a expectativa de ser candidato. Ele, que eu saiba, não apresentou [pré-candidatura], mas tem o direito de fazê-lo”, disse o deputado Bebeto. Já o líder Júlio Delgado rejeita a possibilidade: “eu acho que ele não se filiou com esse cenário e nem tem esse perfil e esse sentimento de unanimidade da bancada e do partido para que possa pleitear isso”.

Outro desafio que a direção central do PSB espera ao confirmar o nome de Joaquim Barbosa é pacificar suas correntes internas. Em alguns estados, como São Paulo e Paraná, o PSB é muito próximo do PSDB, que deve lançar Geraldo Alckmin ano que vem. Já em estados do Nordeste, o partido reúne apoiadores do ex-presidente Lula, também pré-candidato para 2018.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.