Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
É preciso despolitizar o coronavírus
| Foto: NIAID

Estudiosos dizem que o Brasil está se aproximando do pico do coronavírus. O país ainda não diminuiu a velocidade do contágio, mas pode estar perto de chegar ao ponto de saturação. Sendo assim, a crise epidêmica começa a regredir.

Isso já está acontecendo na Itália e na Espanha, tal como já aconteceu na China. Os Estados Unidos começam a dar sinais de melhora, principalmente em Nova York. São boas notícias, mas temos que tomar cuidado para não relaxar demais e vir aí uma segunda onda.

É preciso despolitizar o coronavírus

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL),  está afrouxando as regras do isolamento social liberando algumas atividades. O governador de Brasília, Ibaneis Rocha (MDB), está reabrindo os bancos tomando os devidos cuidados.

Wilson Witzel (PSC), governador do Rio de Janeiro, acabou com a quarentena em 30 municípios onde nenhum caso de coronavírus foi notificado. Não há motivos para fazer quarentena nos lugares em que não houve ocorrência.

Entretanto, não podemos descuidar dos grupos de risco. Nesses estão: pessoas com doenças prévias, os idosos ou que tenha qualquer tipo de vulnerabilidade, como fumantes, cardiopatas e diabéticos. É preciso tomar cuidado com quem vem do exterior e evitar aglomerações.

Alguns já falam em retomada da economia. Não vai haver os resultados catastróficos que estavam imaginando. Mas, é preciso despolitizar o vírus e acabar com o sensacionalismo que enfraquece a resistência das pessoas transmitindo medo e pânico.

O uso da cloroquina

Eu vi um depoimento de um médico da Amazônia que já teve malária 71 vezes e se tratou com cloroquina. Ele disse que para a malária a cura é 100%. Um médico estadunidense conseguiu curar todos os 699 pacientes com o medicamento.

Outro médico de Nova York usou o remédio para algumas centenas de pessoas e houve somente uma morte, mas essa pessoa tinha 86 anos e outras doenças. Há uma grande esperança.

Pena que dois médicos que se recuperaram do coronavírus, em São Paulo – provavelmente por razões políticas –, Roberto Kalil e David Uip infelizmente não disseram se haviam usado cloroquina no tratamento.

David Uip disse que o caso dele não pode ser tomado como modelo. Se eu tiver diarréia e me curar com determinado chá, eu vou para todos os meus amigos o poder medicinal do chá.

Infelizmente está uma grande politização, mas há muita esperança de que a recuperação econômica vai vir antes do tempo imaginado aqui no Brasil e que os números de casos de coronavírus sejam menores do que o esperado.

Ronaldinho Gaúcho nos fará companhia

Ronaldinho Gaúcho vai fazer companhia para nós: ele vai ficar em prisão domiciliar por decisão da Justiça paraguaia. Para que isso acontecesse o jogador precisou pagar uma fiança de R$ 4 milhões.

83 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]