Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Bolsonaro pizza calçada
Bolsonaro e ministros comeram pizza na calçada de Nova York, um costume dos americanos.| Foto: Reprodução/ Twitter

A atração da semana na CPI da Covid vai ser o depoimento, na quarta-feira (29), do empresário Luciano Hang, das lojas Havan. Agora ninguém entende a razão disso. Hang não comprou e nem vendeu vacina alguma. Tampouco negociou aqueles 300 respiradores para o Consórcio Nordeste pagos com R$ 48 milhões de dinheiro público e que nunca foram entregues. Também não andou fazendo contrato superfaturado de hospital de campanha ou de venda de equipamentos de proteção individual.

Então qual a razão desse depoimento? Por que desrespeitaram a memória da mãe de Hang na semana passada? Ah, porque ele apoia o presidente da República. Mas esse não é o objetivo da CPI. O objetivo da comissão é investigar o que aconteceu com o dinheiro público na pandemia. Mas está investigando? Não, está mais preocupada em investigar a vacina indiana Covaxin que nem sequer foi comprada pelo governo brasileiro. Agora, Luciano Hang vai estar lá na quarta-feira, pronto para responder aos senadores.

Bolsonaro testa negativo para Covid

O presidente Jair Bolsonaro testou negativo para Covid-19, informou neste domingo (26), o Palácio do Planalto. Ele já teve Covid, mas se tratou e se curou. Ele fez o exame por precaução depois que alguns membros da comitiva presidencial que viajou a Nova York para a assembleia da ONU testarem positivo para a doença. Foi o caso do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o deputado federal Eduardo Bolsonaro e agora o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

A primeira-dama Michelle Bolsonaro, o ministro do Turismo, Gilson Machado, e o ministro Luiz Eduardo Ramos também testaram negativo para Covid-19.

Lançando moda

Criticaram Bolsonaro porque ele comeu pizza na calçada em Nova York, como é de costume dos americanos, mas acharam que aquilo foi um vexame. Resultado: o nosso presidente lançou moda entre chefes de Estado que visitavam a ONU.

O presidente da Polônia, Andrzej Duda, no dia seguinte já foi para a calçada comer pizza porque viu a repercussão que teve o gesto de Bolsonaro. Até Vladimir Putin, presidente da Rússia, comprou sorvete e foi se deliciar com o sorvete na calçada de Nova York.

Bolsonaro ainda almoçou no Dia do Gaúcho, 20 de setembro, também na calçada, na frente da churrascaria Fogo de Chão. Inclusive a CEO do restaurante foi quem serviu o presidente e depois soltou uma nota respondendo às fofocas do noticiário brasileiro dizendo que teve muita honra de atender o presidente.

2 milhões de seguidores

Estou muito feliz com o meu canal de YouTube que de sexta-feira (24) para sábado (25) à noite ganhou 200 mil seguidores praticamente. Saltou de 1,98 milhão para R$ 2,17 milhões. Muito obrigado por todo esse apoio, prestígio e, sobretudo, pela boa companhia de vocês.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]