Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Por que o presidente Bolsonaro está conversando com o Centrão?
| Foto: Marcos Correa

O Ministério Público pediu o arquivamento do segundo inquérito sobre a tentativa de assassinato do então candidato Jair Bolsonaro em Juiz de Fora. O inquérito era para descobrir se Adélio Bispo estava só ou mal acompanhado.

O pedido do arquivamento foi porque o MP acredita que ele estava trabalhando sozinho, embora haja coisas muito estranhas. Uma delas é que aparentemente Adélio Bispo pode estar em dois lugares ao mesmo tempo.

Os advogados dele chegaram de jatinho. Ele tinha vários celulares, dinheiro, computador, estava em uma pensão, sempre viajando. Se ele estava mal acompanhado, foi o crime perfeito porque não descobriram. E olha que voltaram a investigar.

Quem divulgou os dados pessoais de Bolsonaro e aliados?

A Polícia Federal abriu um inquérito para apurar como se deu a invasão dos dados pessoais do presidente, os três filhos dele, alguns ministros e alguns deputados aliado – entre eles Douglas Garcia, que está sendo investigado por propagar fake news.

Como eu já disse, a escolha dos alvos mostra a assinatura e a cor ideológica de quem divulgou. O presidente diz que não se importa porque ele não vai ter nenhum prejuízo com a divulgação desses dados.

Além disso, o Bolsonaro deve estar de olho no julgamento da terça-feira (9). A acusação é de que apoiadores do presidente mudaram o título de um grupo de facebook de “Mulheres contra Bolsonaro” para “Mulheres com Bolsonaro”. A queixa foi feita por Guilherme Boulos e Marina Silva.

O procurador do Ministério Público Eleitoral já disse que isso não mudaria o resultado da eleição e o relator está sugerindo o arquivamento do inquérito. O processo estava parado porque o ministro Fachin havia pedido vistas e agora, enfim, vai ser votado.

Dificilmente vão cassar a chapa Bolsonaro-Mourão. Aliás, se fizessem isso iriam caçar a vontade, mostrada por meio do voto, de quase 58 milhões de brasileiros. É muito provável que tudo isso seja arquivado.

OMS volta a testar cloroquina

A OMS voltou atrás e vai continuar a fazer testes com a cloroquina. A revista médica The Lancet revisou o estudo feito com o medicamento e descobriu que havia problemas nos resultados.

A mesma coisa aconteceu com outras pesquisas médicas. Uma delas dizia que quem tomava anti hipertensivo podia ter mais risco de morbidade ao ser contaminado com o coronavírus.

Mas a ciência é assim, ele precisam experimentar e, quando descobrem algum erro, eles voltam atrás nas decisões. Tanta gente usou o argumento da The Lancet. Imagina quantos brasileiros foram para a UTI porque não se usou a cloroquina nos primeiros dias.

Bolsonaro e o Centrão

Por que o presidente está conversando com o Centrão? Porque 79% desse grupo tem votado a favor para os projetos do governo e 86% dos integrantes seguem as suas lideranças partidárias.

É por isso que Bolsonaro conversou com oito lideranças partidárias. Ele quer ter garantias no plenário nas votações de uma série de projetos, reformas e mudanças que vão ser necessárias agora por conta da violenta crise econômica provocada pela Covid-19.

Uma homenagem justa

Eu quero registrar uma homenagem a Pedro Rossi, um herói da Força Expedicionária Brasileira. Rossi morreu em Ilópolis (RS) e foi enterrado ontem com honras militares. As honras foram prestadas no regimento onde eu servi.

Ele realmente lutou contra o nazifascismo. Além disso, ofereceu a vida pela bandeira nacional, diferente do que fizeram no centro de Curitiba onde a bandeira foi queimada e rasgada.

75 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]