i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Aviões em Foco

Ver perfil

Acidente da TransAsia deve melhorar segurança aérea em Taiwan

  • PorGustavo Ribeiro
  • 26/02/2015 17:42
Acidente com o ATR 72-600 da TransAsia foi registrado em vídeo (Reprodução Youtube)
Acidente com o ATR 72-600 da TransAsia foi registrado em vídeo (Reprodução Youtube)| Foto:
Acidente com o ATR 72-600 da TransAsia foi registrado em vídeo (Reprodução Youtube)

Acidente com o ATR 72-600 da TransAsia foi registrado em vídeo (Reprodução Youtube)

O acidente com o ATR 72-600 da TransAsia em 4 de fevereiro, em Taipei, ainda não foi solucionado, mas foi o pontapé para identificar diversos problemas que afetam a segurança da aviação comercial em Taiwan.

A investigação para apontar as causas do desastre do voo GE235, que ficou marcado pelas imagens fortes registradas em vídeo e pelas 40 mortes, revelou violações que as companhias aéreas do país têm cometido.

Entre elas está o desrespeito com as jornadas das tripulações. O limite de 12 horas diárias vêm sendo constantemente ultrapassado. O Ministério do Trabalho de Taiwan observou que a China Airlines e a própria TransAsia têm usado esse expediente em algumas das principais rotas das empresas: Taipei-Hong Kong e Taipei-Tianjin.

Além das duas companhias aéreas, outras sete estão na mira: V Air, Sunrise Airlines, Roc Aviation, Emerald Pacific Airlines, Dapeng Airlines, Great Wing Airline e Tigerair Taiwan.

A Administração de Aeronáutica Civil de Taiwan (CAA) também identificou falhas em procedimentos de reação a problemas nos motores, como o que ocorreu no acidente da TransAsian. Dez pilotos da companhia foram impedidos de pilotar depois dos exames feitos pelas autoridades.

Infelizmente é para isso que servem os acidentes aéreos, pelo menos do ponto de vista da segurança. São nas investigações que normas e procedimentos são adotados, além da melhoria na fiscalização das empresas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.