i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Bar do Celso

Foto de perfil de Bar do Celso
Ver perfil

Conheça o melhor do mundo das cervejas

Indiano vence o campeonato mundial de tiradores de chope

  • 31/10/2011 08:06
Indiano vence o campeonato mundial de tiradores de chope
| Foto:

O bartender Nanda Nkumar Sethy, 30 anos, que trabalha no Belgian Beer Café do Hotel Intercontinental, em Dubai, cidade mais populosa do Emirados Árabes, foi o vencedor da edição de 2011 do campeonato internacional de tiradores de chope – o 15ª Stella Artrois World Draught Masters (WDM).

Divulgação
Nanda Nkumar Sethy: o vencedor do campeonato mundial de tiradores de chope

A grande final, que reuniu os 25 melhores tiradores de chope de todo o mundo foi realizada na noite quarta-feira (26) em Buenos Aires, na Argentina, em um grande evento com presença de torcedores e de representantes da imprensa mundial no Galpón de La Boca, na antiga área portuária da região Sul da cidade.

Nanda conquistou um prêmio em dinheiro e é o novo embaixador mundial da marca, substituindo o norte-americano Chris Myers, vencedor do ano passado. Ao longo de 2012 ele vai viajar pelo mundo para mostrar como tirar o chope perfeito da marca.

Neste ano, o Brasil foi representado pela segunda vez pela bartenter Vivian Aline Salmeron, de 29 anos, que trabalha no bar Charles Edward, em São Paulo. Vivian já representou o país no mundial em 2008, em Leuven, na Bélgica. Nas duas vezes a bicampeã nacional fez ótimas apresentações, dendo eliminada nos detalhes. Este ano, uma confusão ao pegar os copos ou detalhes ao lavar os mesmos podem ter sido os vilões. “Mas não vou desistir. Ano que vem vou tentar novamente”, diz ela.

Qualidade no serviço

Esse tipo de competição é bastante interessante por uma série de fatores e o Bar do Celso teve o prazer de acompanhar de perto, ao vivo, direto de terras argentinas, todos os detalhes. O principal é que degustar uma cerveja é mais do que simplesmente beber; é ter uma experiência sensorial. Sendo assim, a ideia é valorizar os atributos naturais do produto. E, como eles são diferentes, cada estilo ou até mesmo marca tem uma forma correta de serviço, normalmente indicada pela própria cervejaria.

Essas recomendações não são regras invioláveis. Você pode beber sua cerveja do seu jeito, sem problemas. Mas elas ajudam – e muito! – na hora de identificar cor, aroma e gosto. Quem gosta de cerveja sabe disso e, principalmente, as consequências de um chope mal servido para os atributos sensorias.

Ou seja, mais do que “frescura” é uma questão de qualidade, assim como o copo correto e a temperatura ideal. Esse tipo de competição divulga a cultura cervejeira do bom serviço e contribui para toda a cultura cervejeira.

Em segundo lugar, a globalização está aí, também para a cerveja. Países com maior tradição cervejeira, como a Bélgica, que dominavam vários quesitos relacionados à bebida até poucos anos atrás, não reinam mais absolutos. Apesar de ainda ser o país mais premiado no WDM, outros estão competindo de igual para igual.

Divulgação
Brasil não chegou entre os finalistas, mas fez bonito no campeonato

Foi o que se viu na competição, onde pequenos detalhes foram os responsáveis pela diferenciação entre os competidores, todos muito bem preparados e de altíssimo nível. Quem sabe ano que vem não é a vez do Brasil?

O chope perfeito da Stella Artois

A competição é para definir quem consegue tirar o melhor chope, baseada em critérios da própria marca. No caso da Stella Artois são nove os passos que compõem o ritual, e cada um tem um motivo. Melhor do que escrever, coloco abaixo três vídeos para vocês verem como se faz. O primeiro é a versão séria, explicando nos mínimos detalhes, com legendas em português.

O segundo faz parte da campanha de marketing do WDM desse ano, em estilo vintage e bem humorado. O terceiro foi uma tentativa minha de filmar o campeão de 2010, Chris Myers, tirando o chope em um jantar um dia antes da competição – peço desculpas pela filmagem ruim; havia pouca luz no local. Espero que gostem.

* O blogueiros viajou a convite da Ambev.

** Agradecimento especial aos colegas de viagem e novos amigos, principalmente os da imprensa: o repórter do jornal mineiro Hoje em Dia e blogueiro do Prato do Dia, Augusto Franco; o repórter do portal IG, Renan Silva; a repórter do portal Terra, Mariana Lanza.

Acompanhe o Bar do Celso nos sites de redes sociais

– Twitter: http://twitter.com/bardocelso

– Facebook: http://www.facebook.com/bardocelso

– Foursquare: http://foursquare.com/bardocelso

– YouTube: http://www.youtube.com/bardocelso

– Orkut: Comunidade eu frequento o Bar do Celso

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.