Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Cassio Taniguchi condenado pelo TJ por pagar campanha com verba pública
| Foto:

O ex-prefeito de Curitiba Cassio Taniguchi foi condenado pelo Tribunal de Justiça a pagar multa por ter utilizado recursos públicos para fazer campanha eleitoral em 2000, quando conseguiu sua reeleição. A sentença também condena o prefeito à inelegibilidade por oito anos.

Além de Cassio, a decisão da 4.ª Câmara Cível do TJ também manteve a condenação dada em primeira instância à sua esposa, Marina Taniguchi, que durante seus dois mandatos foi presidente da Fundação de Assistência Social. Ela fica inelegível por cinco anos.

A origem da condenação está no uso de materiais pagos pelo Instituto Pró-Cidadania de Curitiba, pagos com dinheiro público.

Leia mais: O problema para a eleição de Beto Richa? Não é a corrupção

Os kits eram compostos por: 1 bola de borracha, sem marca, contendo a inscrição Coligação Movimento Curitiba Sempre com Você, composta por PFL, PTB, PSC, PSB, PST, PL, PSL, PSD, PTdoB, PPB, PTN, PRP e PRN); 1 pacotinho de pipoca doce; 1 pirulito; 2 chocolates BIS; 1 cartilha denominada Jogo do Cássio É 25 para ganhar, com um dado para montar; 1 pincel atômico azul da marca Pilot Color 850; 1 caixa contendo 12 giz de cera coloridos; 1 rascunhos de papéis usados; 1 cartão felicitando pelo Dia da Criança; 1 livro denominado “Alguns Contos & Fábulas Chineses, vol 01″.

A multa aplicada ao casal pela irregularidade é de R$ 38 mil, mas será corrigida para valores atuais. Ainda cabe recurso da decisão em Brasília.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]