i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Caixa Zero

Ver perfil

“Eleitores” usados em campanha de Gleisi na verdade são modelos. E de outros países

  • PorRogerio Galindo
  • 19/08/2014 07:41
“Eleitores” usados em campanha de Gleisi na verdade são modelos. E de outros países
| Foto:

Clipboard03Gleisi pedreiro

 

 

Esses dois homens nas fotos acima votam em Gleisi declaradamente, certo? Eles fazem parte de uma série de imagens que a candidata do PT ao governo do estado vem divulgando na internet. A campanha da petista põe a cada vez a imagem de um profissional de uma área e divulga que ele (ou ela) vota em Gleisi.

Curiosamente, porém, esses dois homens das fotos acima aparecem também fazendo propaganda de uma empresa de serviços na Califórnia, como pode-se ver logo abaixo.

Pedreiro shutter

Não quer dizer exatamente que os funcionários da Creative Solutions tenham aderido a uma campanha política no Paraná. Assim como as fotos abaixo não mostram que um dentista do Arizona (num texto sobre “como identificar o dentista com melhor reputação do Arizona”) tenha decidido votar 13 nas eleições paranaenses.

Gleisi dentistaDenista shutter 2

É que a campanha de Gleisi tem usado fotos de bancos de imagens na sua série de profissionais. Ou seja: as pessoas que aparecem dizendo que votam em Gleisi não são eleitores no Paraná. São modelos que uma agência fotografou para ficarem à disposição de quem quiser comprar a foto para qualquer finalidade: inclusive política.

Não é ilegal, claro. Mas não deixa de ser curioso que os “eleitores” de Gleisi sejam na verdade modelos norte-americanos. Abaixo seguem mais um exemplo mostrando que os “servidores públicos” de Gleisi também fazem propaganda de uma empresa de Canoas, no Rio Grande do Sul

Gleisi servidorShutter servidores

 

Colaboraram Jéssica Carvalho e Vivian Teixeira de Faria.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

Siga o blog no Twitter.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.