Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Carla Pimentel: combate à crentofobia.
Carla Pimentel: combate à crentofobia.| Foto:

Antonio More/Gazeta do Povo

Os vereadores evangélicos, liderados por Carla Pimentel (PSC), conseguiram tirar da pauta por três sessões o projeto de lei que concede o título de utilidade pública para o Centro Espírita Tribo do Caboclo Pena Branca. A vereadora diz que se trata de um “centro de macumba” e acha que os evangélicos têm de votar contra a proposta (veja mais abaixo).

No primeiro turno, Carla Pimentel tinha votado contra, mas sozinha. Fez pressão nos pares, dizendo que a postura deles não era condizente com o que se espera de representantes dos evangélicos. E conseguiu que nesta quarta o assunto fosse temporariamente engavetado.

Autor da proposição, o vereador Aldemir Manfron (PP) diz que a reação do grupo evangélico foi “absurda”. “É uma instituição como oura qualquer. Eu sou católico, não tem nada a ver isso. Não podemos ter discriminação”, disse.

Manfron diz que Carla é “sua amiga” e que vai sentar para conversar com ela para resolver a situação.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]