Lula é arma contra o impeachment. Mas até onde vai seu poder de fogo?
| Foto:

Ninguém duvida que Lula tenha uma capacidade de negociação com o Congresso maior do que a de Dilma. Até porque menor seria impossível. A pergunta que fica no entanto, é se isso é suficiente para mudar o jogo do impeachment.

O blog procurou quatro deputados federais com a seguinte pergunta:a capacidade de articulação de Lula é suficiente para conseguir mais votos contra o impeachment de Dilma? Não houve unanimidade, até pelo perfil diferente dos deputados.

Dois deputados citaram o histórico de Lula com os deputados para dizer que ele tem favores a cobrar e créditos a recuperar. “Ele teve dois mandatos, tem muita coisa negociada, muito a cobrar”, diz Alfredo Kaefer (PSL), favorável ao impeachment.

“O Lula tem muita obra que fez na região de cada deputado, liberou verbas para obras nas áreas de muitos deles. Claro que isso dá a ele um crédito”, afirma Ricardo Barros (PP), vice-líder nos governos FHC, Lula e Dilma.

Para Toninho Wandscheer (Pros), que até recentemente estava no PT e se diz contrário ao impeachment, caso Lula estivesse no governo Dilma desde o início, certamente a situação seria outra. “Mas agora talvez seja difícil segurar”, afirma.

A avaliação mais dura é de Sandro Alex (PPS), favorável ao impeachment. Segundo ele, a população entendeu a nomeação de Lula como uma afronta e reagirá, talvez nem deixando que ele tome posse no cargo. “Vão tomar a esplanada, não vão deixar ele trabalhar”, diz.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]