i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Caixa Zero

Ver perfil

Movimento libera catraca e 700 passageiros entram de graça em ônibus

  • PorRogerio Galindo
  • 17/02/2016 11:40
Catraca livre na Carlos Gomes. Foto: Pedro Serápio/Gazeta do Povo.
Catraca livre na Carlos Gomes. Foto: Pedro Serápio/Gazeta do Povo.| Foto:
Catraca livre na Carlos Gomes. Foto: Pedro Serápio/Gazeta do Povo.

Catraca livre na Carlos Gomes. Foto: Pedro Serápio/Gazeta do Povo.

Um grupo de manifestantes a favor do passe livre resolveu fazer um protesto nesta terça-feira em uma das principais estações-tubo da região central de Curitiba. Na entrada do tubo do ligeirão Boqueirão, na Praça Carlos Gomes, os manifestantes travaram a catraca e deixaram todo mundo entrar de graça no ônibus.

Cerca de 700 pessoas teriam tido livre acesso ao ônibus, de acordo com os organizadores. O protesto foi feito bem na hora de pico do transporte coletivo, perto das 18 horas, quando muita gente volta do Centro para os bairros.

Os manifestantes entraram no tubo e se colocaram diante da catraca, de modo que ela não rodasse. Depois, abriram a portinha de vidro que, em tese, serve para as pessoas apenas saírem. A partir daí, com megafones e cartazes na mão, incitaram a população a aproveitar a oportunidade para andar de graça no ônibus.

Seguindo eles, travar a catraca é necessário para que o cobrador (que na verdade nem tinha muito o que fazer contra tantos manifestantes) não seja descontado nem prejudicado pelo protesto.

Ao fim da manifestação, via megafone, os organizadores disseram que “Amanhã vai ser maior”. Não houve confrontos com polícia nem tumultos no local.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.