Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Unidade de pronto atendimento. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.
Unidade de pronto atendimento. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.| Foto:

A prefeitura de Curitiba abriu um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra 25 enfermeiros da Fundação Estatal de Assistência Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes) que entraram em greve em julho.

Os funcionários são acusados de abandono de plantão e desídia (negligência). Segundo a publicação da PAD no Diário Oficial o processo deve ser concluído em 60 dias.

Correção

Versão anterior deste post afirmava que o processo era contra médicos grevistas. A informação estava errada.

Colaboração: Camila Abrão.

Siga o no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]