i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Caixa Zero

Ver perfil

Só 7,1% das famílias de presos recebem auxílio-reclusão

  • PorRogerio Galindo
  • 07/03/2016 14:05
Só 7,1% das famílias de presos recebem auxílio-reclusão
| Foto:

Cadeia

Dos mais de 600 mil presos brasileiros, 43 mil têm famílias recebendo auxílio-reclusão. Isso significa que o benefício é pago às famílias de apenas 7,1% dos encarcerados. Os dados são de levantamento publicado pelo site Contas Abertas.

De acordo com os números, o pagamento médio a cada família que recebe o benefício é de pouco mais de R$ 1,1 mil. Tanto o valor médio pago quanto o número de famílias beneficiadas, porém, caíram de 2014 para 2015, segundo o levantamento. Em 2015, foram pagos R$ 600 milhões em benefícios.

O auxílio-reclusão existe há mais de meio século, mas recentemente passou a ser alvo de polêmica no Brasil. No entanto, o Ministério da Previdência explica que só recebem as famílias de presos que pagam o INSS. Ou seja: é um auxílio pago pelo próprio encarcerado, e não algo recebido gratuitamente.

Quem quiser ler o texto todo do Contas Abertas clica aqui.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.