i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Caixa Zero

Ver perfil

Vereador sugere que ônibus não aceitem mais dinheiro

  • PorRogerio Galindo
  • 22/08/2013 07:18

brunopessuti

O vereador Bruno Pessuti (PSC) se saiu com mais uma saída possível ainda para o incrível imbroglio dos motoristas que não podem dirigir olhando para a frente. Relembrando: a Urbs achou uma “brecha” na lei e deixa os motoristas cobrarem passagem enquanto estão dirigindo, fingindo que não vê a irregularidade.

A proposta mais divulgada até aqui é a de exigir cobradores novamente em todos os ônibus. Pessuti, filho do ex-governador Orlando Pessuti (PMDB), sugere que os micro-ônibus continuem só com os motoristas. Mas passariam a aceitar apenas passagens eletrônicas.

Além do cartão usado hoje, carregado por muita gente, seriam vendidos cartões a mais em bancas de revistas e outros pontos. E os ônibus não trabalhariam mais com dinheiro. Obviamente, isso também tem seus empecilhos: criar uma distribuição de cartões, exigir que a população compre o material, talvez adaptação no leitor eletrônicos dos ônibus… Mas é uma saída possível.

Siga o blog no Twitter.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.