Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Principalmente nos períodos recentes de quarentena aqui na China, o supermercado vira passeio publico, se transforma em um espaço rico de oportunidades a serem exploradas. Uma ilha de novas sabores.
Principalmente nos períodos recentes de quarentena aqui na China, o supermercado vira passeio publico, se transforma em um espaço rico de oportunidades a serem exploradas. Uma ilha de novas sabores.| Foto: Photo by Valéria Vicenti

Nasci apaixonada por supermercados, por andar pelos corredores, por procurar novidades inusitadas! Lembro claramente quando as compras mensais chegavam em casa pela kombi do mercadinho de bairro em caixas de plástico, minha alegria era organizar tudo direitinho, revisitar a lista de compras. Coisa de criança do século passado. E nem falo do épico momento de abrir as caixas de bombons sortidos e organizar direitinho por sabor, por cor mesmo sabendo que quando fechasse a caixa tudo entraria em desordem de novo! Fatos singelos, modestos mas que carregam  lembranças muito especiais, memórias genuínas! Fatos que sacam um sorrisinho maroto quando encontro algo nos corredores do supermercado e penso, bóralá testar!!

Passamos aqui em Qingdao por novos dias de quarentena com restrições de saídas, com restaurantes e pontos turísticos fechados, aí o supermercado fica ainda mais atrativo, se torna passeio público, momento de sair, arejar, e claro de trazer para casa algo novo para testar!

Somos movidos por café, seja café puro, com leite, em coquetéis ou com toque de licores, mas nunca tínhamos provado café solúvel aromatizado com frutas, mas sempre tem a primeira vez, ou até mesmo morango com creme.

Sabores e combinações até então desconhecidas pra nós despertam a nossa curiosidade, nos inquietam. O que faz o limão, o maracujá, o pêssego e o morango com creme no mesmo sache que o café? Bóralá saber já ...
Sabores e combinações até então desconhecidas pra nós despertam a nossa curiosidade, nos inquietam. O que faz o limão, o maracujá, o pêssego e o morango com creme no mesmo sache que o café? Bóralá saber já ...| Photo by Valéria

Na prateleira, maracujá, limão, pêssego e morango com creme. Não posso negar a primeira intenção foi trazer pra casa só o aromatizado com maracujá, me pareceu baixo risco, mas chegando no caixa, na hora de pagar: para tudo! Voltei ao expositor e advinha, trouxe um de cada. Pra elogiar muito ou nada tem que ter emoção, senão não tem graça, então bóralá mergulhar nessas xícaras de oportunidades.

E a gente começa o preparo, faz a escolha do primeiro novo sabor pela caixa que mais nos encantou, que primeira foi escolhida a entrar no carrinho de compras.
E a gente começa o preparo, faz a escolha do primeiro novo sabor pela caixa que mais nos encantou, que primeira foi escolhida a entrar no carrinho de compras. | photo by Valéria Vicenti

Comecei pelo maracujá, e para você posso falar a verdade, a escolha não teve nada a ver com o aroma, com a esquisitice ou com a expectativa sobre o sabor, foi pelas cores e design da caixa. Que caixa bem elaborado! Morango com creme, pêssego e limão seguiram as minhas preferências. Caixas harmoniosas, atrativas que mesmo inconsciente, de forma sútil contribuíram muito para que entrassem no carrinho de compras.

Seguindo as dicas de preparo para que nada comprometesse a proposta dos sabores, me surpreendi! Como nunca havia pensado em combinações como essas? Para primavera, a combinação com pêssego e limão são refrescante no ponto ideal. As frutas não competem com o sabor do café, ao contrário se somam, geram uma lembrança suave da fruta a cada dose. Na boca o sabor da fruta permanece alguns segundos a mais que o sabor puro do café. Não descartaria servir essas opções no preparo do café gelado, provavelmente potencializará a refrescância, a lembrança boa de dias gostosos de primavera, de verão!

Morango com creme surpreende já na abertura do sachê do composto. O aroma te presenteia com uma visita instantânea ao passado, te leva direto para os pátios dos intervalos escolares, para a lancheira. Cheirinho bom dos lanchinhos Recreio, waffles de morango Mirabel, são as primeiras lembranças relevantes. Um pouco adocicado, até mesmo inusitado são minhas primeiras percepções, meu primeiros pensamentos e predicados. Quando fui adicionando aos pouco a água quente, o aroma mais intenso e marcante que as duas primeiras frutas, me preocupou. Entretanto, surpresa boa, o sabor se apresentou muito mais suave que seu aroma. Indiscutivelmente presente, permaneceu em equilíbrio, não se excedeu, não teve a pretensão de vencer o café, ao contrário, se uniu, transformou a parceria em algo divertido, doce, alegre, descontraído, despretensioso. Nunca pensei que pensaria em repetí-lo mas o fiz!

Provei todos, com calma, sem pressa, para não comprometer meus sentidos, não atravessar  nenhuma nota. Surpresa boa demais!
Provei todos, com calma, sem pressa, para não comprometer meus sentidos, não atravessar nenhuma nota. Surpresa boa demais! | Foto by Valéria Vicenti

Por último, mas meu preferido, o maracujá me conquistou. Um pouco mais marcante que o limão e o pêssego, no decorrer da degustação tive a impressão que em qualquer segundo encontraria até sementinhas. Sabor genuíno! Perfeitamente perceptível, no limiar o café e o maracujá, o delicioso sabor da fruta com a assinatura do grão intenso do café. Combinação inteligente demais! Amei!

As combinações com as frutas em nenhum momento nos remete a sabores artificiais, sabores industrializados, fato relevante que me surpreendeu! O morango com creme, mesmo aceitável, acredito que pelo inusitado, dava sinais de algo engenhosamente construído, mas não o demérito por isso. Reproduziu sim, com sutileza o que se propôs!

Produtos gostosos, diferentes, com sabores que podem levar graça e surpresa a mesa, podem ampliar nosso paladar, podem nos inspirar a procurar por mais e mais novidades na próxima visita ao supermercado!

Então Bóralá, vou procurar daqui, você procura dai e a gente faz o melhor de sempre, compartilha as melhores e mais divertidas experiências! Bóralá! E pode acreditar daqui a pouquinho a gente já tá de volta …

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]