Com a seleção autorizada, o edital deverá ser publicado até 29/07
Com a seleção autorizada, o edital deverá ser publicado até 29/07| Foto: Divulgação/IBGE

A Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital autorizou a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, entidade vinculada ao Ministério da Economia, a contratar temporariamente 207.332 profissionais para desenvolver atividades relacionadas ao Censo Demográfico 2021.

Conforme publicamos aqui no blog Concurseiros, a seleção já havia sido aberta em 05 de março de 2020 com a oferta de 208.695 vagas de nível fundamental e médio. Com o agravamento da pandemia da Covid-19, o Censo Demográfico 2020 foi cancelado juntamente com o processo seletivo.

O Censo constitui a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população em todos os municípios do País. A periodicidade da pesquisa é decenal, excetuando-se os anos de 1910 e 1930 em que o levantamento foi suspenso, 1990 quando a operação foi adiada para 1991 e, por fim, 2020 que sofreu transferência para 2021 devido a pandemia causada pelo novo Coronavírus.

O documento publicado no DOU desta sexta (29) traz que as vagas serão distribuídas entre os cargos de Agente Censitário Municipal (5.500), Agente Censitário Supervisor (18.420), Agente Censitário de Pesquisas por Telefone (180), Supervisor Censitário de Pesquisas e Codificação (12), Recenseador (183.100) e Codificador Censitário (120). Os aprovados serão contratados por até um ano com possibilidade de prorrogação. Ainda de acordo com a portaria de autorização, edital de abertura deverá ser publicado em até seis meses (29 de julho de 2021).

Última seleção

O último grande processo seletivo para atender a demanda do Censo Demográfico foi organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) com editais publicados em 5 de março de 2020, sendo o primeiro documento com a oferta de 28.138 vagas de nível médio (agente censitário) e o segundo com 180.557 vagas de nível fundamental (recenseador).

Se o processo seletivo não tivesse sido cancelado, os inscritos nas vagas de agente censitário (nível médio) seriam avaliados em 17 de maio de 2020 mediante prova objetiva com sessenta questões de múltipla escolha das matérias de língua portuguesa, raciocínio lógico quantitativo, ética no serviço público, noções de administração, situações gerenciais e conhecimentos técnicos.

Já os candidatos ao cargo de recenseador (nível fundamental) seriam avaliados no dia 24 de maio de 2020 mediante prova objetiva composta por cinquenta questões de múltipla escolha das matérias de língua portuguesa, matemática, ética no serviço público e conhecimentos técnicos.

Veja os concursos com inscrições abertas em todo o Brasil |

Deixe abaixo os seus comentários e também acompanhe as principais notícias do blog Concurseiros no Linkedin, Facebook e Instagram da blogueira Thais Nunes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]