Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Imagem - Divulgação/www.cfa.org.br
Imagem - Divulgação/www.cfa.org.br| Foto:

Os candidatos já podem respirar aliviados: o concurso da Câmara Legislativa do Distrito Federal terá andamento após 2 meses de suspensão. Em decisão unânime do Tribunal de Contas do Distrito Federal, a representação formulada pelo Instituto Quadrix não foi aceita, sendo que a representação formulada pela Funrio foi considerada parcialmente procedente. Com o fim do processo administrativo, a CLDF terá o prazo de 30 dias para anular a deliberação que selecionou a Fundação Carlos Chagas para a realização do concurso público, bem como todos os atos posteriores dela decorrentes, inclusive o contrato e os editais.

LEIA TAMBÉM: Edital do TRT da 15ª Região, de SP, está próximo de ser publicado.

 

Entenda o Caso

Enquanto o Tribunal de Contas do Distrito Federal analisava denúncias de irregularidades no contrato com Fundação Carlos Chagas (FCC), a Câmara Legislativa do Distrito Federal decidiu  suspender o concurso e adiar o recebimento das inscrições que deveriam ter início em 14 de setembro de 2017. A suspensão originou-se de uma representação apresentada pelas organizadoras Instituto Quadrix e Funrio, que apontaram irregularidades na contratação da Fundação Carlos Chagas para organizar o concurso.

LEIA TAMBÉM: Os 10 mandamentos do concurseiro vencedor.

Nas alegações do Instituto Quadrix e da Funrio havia informações de que o contrato contraria a legislação vigente, tais como: a falta de orçamento anterior ao procedimento de dispensa de licitação, a ausência de exame prévio pela Procuradoria-Geral da CLDF sobre a dispensa de licitação e, também, o fato de a organizadora Funrio ter manifestado interesse no contrato, mas não ter recebido solicitação de proposta por parte da CLDF, o que contraria o princípio da isonomia, entre outros aspectos legais e regulamentares descritos na representação apresentada perante o Tribunal de Contas do Distrito Federal.

Andamento

Após as providências técnicas, o CLDF fará as adaptações necessárias ao prosseguimento do certame. Leia abaixo o texto publicado no site da Câmara Legislativa.

Nota de Esclarecimento sobre o Concurso Público da CLDF

Com o objetivo de tranquilizar os futuros candidatos e assegurar a continuidade do concurso para a Câmara Legislativa do Distrito Federal, a Mesa Diretora da Casa optou por acatar as sugestões do Tribunal de Contas do DF e, dessa forma, realizar as adaptações necessárias ao prosseguimento do certame.

Cumpre informar que os candidatos não terão nenhum prejuízo, tendo em vista a manutenção do quantitativo de vagas oferecidas por esta Casa de Leis. O calendário do certame passará por adaptações que serão divulgadas oportunamente.

A Mesa Diretora entende que as mudanças que serão realizadas são importantes para a segurança jurídica dos que vão participar do processo seletivo. Em conformidade com a orientação dos órgãos fiscalizadores, os aperfeiçoamentos serão feitos com celeridade. Não haverá, portanto, descontinuidade no processo de realização do concurso.

Deixe abaixo suas dúvidas, comentários e sugestões de assuntos que você gostaria de ver aqui no blog Concurseiros. Siga a página do Vida Financeira e Emprego no Facebook.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]