i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Concurseiros

Foto de perfil de Concurseiros
Ver perfil

É oficial! TJ Amapá autoriza concurso para juiz substituto

Atualmente o cargo tem subsídio inicial de R$ 30.404,40 e exige a graduação em Direito, além de três anos de prática jurídica

  • PorThais Nunes Laskoski
  • 26/10/2020 11:09
A expectativa é que o edital tenha nove vagas imediatas e formação de cadastro de reserva
A expectativa é que o edital tenha nove vagas imediatas e formação de cadastro de reserva| Foto: Divulgação/TJ-AP

Uma excelente notícia para os concurseiros que desejam ingressar na carreira da magistratura estadual. Está oficialmente autorizado o próximo concurso para o cargo de Juiz de Direito Substituto do estado do Amapá, função com subsídio inicial de R$ 30.404,40 e que exige graduação em Direito, além de três anos de prática jurídica. De acordo com a Resolução n.º 1.386/2020-TJAP (veja abaixo), o concurso se justifica devido a necessidade urgente e inadiável de se recompor o quadro de juízes no estado.

A abertura do concurso já havia sido aprovada pelo Pleno Administrativo na 799ª Sessão Ordinária, conforme divulgamos aqui no blog em 11 de março de 2020. No entanto, a resolução autorizando o início da seleção foi publicada apenas no último dia 23. Com o concurso autorizado e a comissão formada, as próximas etapas serão a contratação de uma instituição organizadora para as provas e, por fim, a publicação do edital.

Último concurso

O edital do último concurso para juiz do Tribunal de Justiça do Amapá foi publicado pela Fundação Carlos Chagas em 27 de janeiro de 2014 (acesse aqui) com a oferta de 11 vagas imediatas e a formação de cadastro de reserva no cargo de juiz de direito substituto, função que na época tinha subsídio inicial de R$ 21.711,74.

Os candidatos foram avaliados mediante prova objetiva em 27 de abril de 2014, primeira etapa do concurso, seguida por três provas escritas nos dias 25, 26 e 27/07/2014, sendo uma discursiva e duas de produção de sentença.

LEIA TAMBÉM: Eduardo Bolsonaro promete edital da PF ainda em 2020

Os aprovados nas etapas anteriores foram convocados para a terceira fase da seleção, de caráter eliminatório, composta por inscrição definitiva, sindicância da vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental e, também, exame psicotécnico.

Os classificados na terceira fase foram chamados para a prova oral, de caráter eliminatório e classificatório. A quinta etapa do concurso foi o Curso de Formação Inicial, de caráter eliminatório e classificatório. Por fim, os aprovados em todas as etapas anteriores participaram da avaliação de títulos, fase de caráter apenas classificatório.

Veja outros concursos com inscrições abertas em todo o Brasil |

Deixe abaixo seus comentários e sugestões de assuntos que você gostaria de ver aqui espaço Concurseiros. Acompanhe também os principais concursos do país na página da blogueira Thais Nunes no Facebook.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.