i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Concurseiros

Foto de perfil de Concurseiros
Ver perfil

Governo federal autoriza concurso do TCU

O documento autoriza o concurso para Auditor Federal de Controle Externo, cargo efetivo que exige o nível superior em qualquer área de atuação

  • PorThais Nunes Laskoski
  • 02/03/2020 18:06
Os aprovados serão lotados na sede do TCU em Brasília
Os aprovados serão lotados na sede do TCU em Brasília| Foto: Divulgação/TCU

Uma excelente notícia para quem deseja ingressar no governo federal. O Tribunal de Contas da União (TCU) autorizou hoje (02/03) o edital do concurso para Auditor Federal de Controle Externo, cargo com vencimento básico inicial de R$ 14.078,66 e que exige o nível superior em qualquer área de atuação, de acordo com informações do último edital (2015).

LEIA TAMBÉM: TJ-RJ lança concurso com 160 vagas para técnicos e analistas

O documento (imagem abaixo) autoriza a nomeação de 20 vagas imediatas para a sede do tribunal em Brasília, além de formação de cadastro de reserva para possível provimento das vagas decorrentes de eventuais vacâncias ocorridas durante o prazo de validade do concurso. Com a publicação da autorização, o órgão deverá compor uma comissão interna para organizar a seleção, bem como contratar uma organizadora e, por fim, publicar o edital de abertura do concurso.

Reprodução do DOU de 02 de março de 2020
Reprodução do DOU de 02 de março de 2020

Último concurso

O último edital do TCU foi publicado em 9 de junho de 2015 (baixe aqui) pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), com a oferta de 66 vagas no cargo de Auditor Federal de Controle Externo, sendo 36 para a área de Auditoria Governamental e 30 para a área de Auditoria de Tecnologia da Informação. Os aprovados foram lotados em Belém (PA), Boa Vista (RR), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Macapá (AP), Manaus (AM) e Rio Branco (AC), conforme escolha no momento da inscrição.

Na primeira fase do concurso os candidatos foram avaliados em 16 de agosto de 2015 mediante prova com duzentas questões objetivas (itens para julgamento certo ou errado) e quatro discursivas. Os aprovados foram convocados para a segunda etapa, o Curso de Formação de caráter eliminatório com duração mínima de 120 horas. Durante o programa de formação, o candidato recebeu auxílio financeiro na forma da legislação, com a possibilidade de optar pelos vencimentos e vantagens do cargo efetivo no caso de candidatos que na época já eram servidores da Administração Pública Federal.

Veja outros concursos com inscrições abertas em todo o Brasil |

Deixe abaixo seus comentários e sugestões de assuntos que você gostaria de ver aqui espaço Concurseiros. Acompanhe também os principais concursos do país na página da blogueira Thais Nunes no Facebook.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • A

    Afonso Celso Frega Beraldi

    ± 2 horas

    Mais despesa para o contribuinte, e com certeza, eh para homologar a contratação dos que têm QI. O resto da patuleia fica eh pagando cursinho e inscrição apenas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Marcelo Santos

      ± 1 horas

      Meu Deus do céu, quanto ignorância..... Você uma pequena noção do que seriam das despesas públicas se não houvesse o TCU. O quanto que se salva de dinheiro público pela atuação dos auditores do TCU??? Antes que esperneie, não eu não trabalho no TCU, mas tenho o mínimo de noção do que se faz em cada órgão VITAL para o bom funcionamento do Estado brasileiro. E sua observação seguinte logo faz perceber que não entende absolutamente nada de como funciona um concurso público.....

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso