i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Conexão Brasília

Foto de perfil de Conexão Brasília
Ver perfil

Follador chama de “imbecilidade” primeira versão da reforma da ParanaPrevidência

  • PorAndré Gonçalves
  • 28/04/2015 21:16

Idealizador da ParanaPrevidência durante o primeiro mandato do governador Jaime Lerner (1995-1998), Renato Follador roubou a cena na audiência pública sobre as mudanças nas aposentadorias paranaenses na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados. Criticou incisivamente Roberto Requião (que estava na reunião) por ter diminuído os repasses ao fundo quando governou o estado e por ter interferido na política de investimentos e também não poupou o secretário estadual da Fazenda da gestão Richa, Mauro Ricardo Costa.

Segundo Follador, a primeira versão da reforma da Previdência, que na prática extinguia o ParanaPrevidência, era uma “imbecilidade” de Costa. Ele também deixou claro que não aprova a atual versão da reforma. “Você pode defender essas novas medidas do ponto de vista atuarial? Pode. Mas nós estamos dando o primeiro passo para usar recursos que deveriam ser absolutamente preservados para resolver um problema imediato de caixa do estado do Paraná”, disse.

***

Curta a página do Conexão Brasília no Facebook!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.