i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Cristina Graeml

Foto de perfil de Cristina Graeml
Ver perfil

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso". Joseph Joubert.

Infância sob ameaça

O filme Cuties e a sexualização precoce de meninas

  • [26/08/2020] [11:26]

O filme Cuties e a sexualização precoce de meninas é um desses temas dos quais não há como fugir ou deixar para discutir outra hora, ainda que pareça repetitivo voltar a um assunto tratado recentemente nessa coluna.

Na semana passada falei sobre a boneca americana que suspira e ri ao ser tocada nas partes íntimas para destacar o absurdo de uma fábrica de brinquedos projetar um botão entre as pernas de uma boneca. E não é só porque ela é destinada a crianças a partir de 3 anos. É uma boneca! Mas, por acaso, é destinada a crianças a partir de 3 anos!

Será que o idealizador da boneca não imaginou que associar toques naquela região do corpo a sons de prazer condicionaria a criança, desde muito pequena, a achar normal (e gostoso) ser tocada nas partes íntimas? Que mente adulta não enxerga como uma aberração algo assim?

A reação foi tão forte que a boneca foi recolhida das lojas nos EUA e, até onde se sabe, nem chegou ao Brasil. Mas temos nossas tragédias diárias por aqui. E o bombardeio sobre a infância é incessante. Por isso insisto no tema.

O caso da boneca americana que suspira e ri ao ser tocada nas partes íntimas

Filme "engraçadinho"?

Mal tínhamos sido informados da tragédia da menina de 10 anos estuprada pelo tio, que engravidou e sofreu uma série de outras violências depois, e já estávamos recebendo a notícia do novo filme da Netflix, Cuties, algo como "Graciosas" ou "Engraçadinhas" em português, mas que foi traduzido como "Lindinhas".

Ainda não se sabe muito sobre o roteiro, mas não tem nada de gracioso, engraçadinho ou lindinho no material de divulgação do filme. A foto que circulou nas redes sociais mostra meninas de 11 anos em poses de conotação sexual, absolutamente questionáveis para a idade. Mais questionável ainda é que isso se destine ao público adulto!

Decidi falar de mais este caso de erotização precoce imposto à sociedade, porque de novo eles expõem as meninas, alvos mais frequentes de pedófilos e estupradores. O cartaz do filme é um convite descarado à imaginação de quem tem atração sexual por corpos de crianças ainda em formação.

Não dá para achar normal que meninas de 11 anos sejam fotografadas de shortinho cavado, agachadas, de pernas abertas, ou fazendo biquinhos e curvas com o corpo para simular poses de conotação sexual. E que essas fotos sejam espalhadas aos 4 cantos do planeta para atrair audiência para um filme em que crianças são as protagonistas.

São crianças! Ainda que estejam entrando na fase em que são chamadas de pré-adolescentes, isso não significa que tenham idade para se insinuar sexualmente para quem quer que seja, ainda mais para adultos.

Se o Brasil inteiro se revoltou ao saber que uma menina de 10 foi estuprada, não tem como aceitar que seja natural ver as de 11 num papel vulgar, como se fossem dançarinas de cabaré tentando seduzir o público masculino. Pois era essa a imagem passada pelo cartaz de divulgação do filme da Netflix.

E tinha mais insinuações. Veja a descrição original do filme Cuties: “Amy tem apenas 11 anos e fica fascinada por um grupo de dança. Para se enturmar, ela começa a explorar a própria feminilidade e desafia as tradições da família.”

Reação forte e imediata

A personagem Amy é negra, filha de uma família que imigrou do Senegal para a França. A imagem das amigas brancas do grupo de dança da escola também é apelativa. É claro que a reação negativa foi imensa, não só aqui, mas também nos EUA, onde o mesmo material de divulgação estava circulando.

Um abaixo-assinado online pedindo a retirada do filme do catálogo da Netflix atingiu em poucos dias perto de 300 mil assinaturas. A operadora de streaming não se rendeu e mantém a estreia prevista para setembro.

Engraçado que recentemente, por conta de pressões do movimento Black Lives Matter, a HBO tirou do ar um clássico do cinema “E o Vento Levou”, porque ele retratava cenas de escravos, algo que na época da história era comum. Era de se esperar que depois desse episódio, um filme que explora a sexualização de uma criança negra também causasse repúdio e sequer fosse aceito por uma operadora. Ou expor a escravidão do passado é reprovável, mas o estímulo à pedofilia no mundo atual, não?

Como eu disse a empresa mantém a previsão de estreia do filme, que já foi lançado (e até premiado) na França. Mas a Netflix americana acabou reconhecendo que o material de divulgação foi infeliz e publicou um comunicado pedindo desculpas e lamentando profundamente “a arte inadequada usada na divulgação”.

Segundo o texto, o cartaz e a descrição do trailer dão uma ideia errada do que é o filme. A descrição foi atualizada e agora a sinopse, que está inclusive disponível no YouTube da Netflix Brasil, diz: "Aos 11 anos, Amy começa a se rebelar contra as tradições conservadoras da família e encontra seu lugar num grupo de dança da escola."

É menos apelativo do que o resumo anterior, que falava em "exploração da feminilidade" como forma de desfiar a família, mas não foi suficiente para acalmar o público que se preocupa com a proteção da infância.

Nos EUA a reação de horror à forma provocativa com que o filme foi divulgado fez com que ele acabasse sendo classificado para maiores de 18 anos. Seria uma confissão de que o filme é destinado a atrair a atenção e o interesse sexual de adultos por crianças?

Fato é que as meninas expostas na tela e nos cartazes de divulgação são pequenas, tem 11 anos. É natural que se faça um filme para o público adulto com dançarinas crianças se insinuando em poses consideradas eróticas?

Estrago já está feito

Mesmo com a mudança do material de divulgação, aquela outra foto que tinha sido publicada antes e chocou a opinião pública é uma cena do filme. Numa rápida busca na internet eu encontrei essa mesma foto publicada em 280 blogs e veículos de imprensa do mundo inteiro. As meninas já foram expostas.

Print de parte da tela após busca pelo cartaz de divulgação de Cuties
Print de parte da tela após busca pelo cartaz de divulgação de Cuties| Cristina Graeml

Quantos pedófilos não terão visto o cartaz? Quantos não verão o filme? Quantos não sairão à procura de meninas de 10 ou 11 anos estimulados pela cena? Quem vai proteger a infância? Quem vai defender só o lado comercial ou artístico da obra?

Para não terminar esse artigo de forma pessimista e derrotista, digo que se você está do lado da proteção às crianças, há algumas coisas a fazer, além, claro, de boicotar o filme e conversar com adolescentes sobre por que ele não deve ser visto.

Reclamar publicamente nas redes sociais funcionou nos EUA (ainda que parcialmente). Pode funcionar aqui também. Há ainda a opção de assinar a petição online americana, que você pode acessar aqui, ou criar uma nova pedindo a retirada do filme do catálogo da Netflix Brasil.

Por enquanto a maior reação negativa de brasileiros está sendo dar um dislike no trailer do filme no YouTube da Netflix Brasil, como já fizeram mais de um milhão de pessoas, contra apenas 27 mil que curtiram o trailer.

23 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]
Tudo sobre:

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 23 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • E

    Eduardo Henrique Negri de Oliveira

    ± 13 dias

    As "mentes adultas" que produzem esse tipo de conteúdo não vêem isso como aberração, pelo contrário, querem é promover e incentivar, assim como, também, a rebeldia e confronto familiar contra os valores morais e éticos seculares, que estão se esvaindo e transformando nossas famílias e a sociedade no que temos testemunhado com tristeza ...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rodrigo

    ± 17 dias

    Excelente artigo!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eden Lopes Feldman

    ± 18 dias

    Assunto tratado de forma inteligente e racional. Parabéns pelo artigo. No entanto, nada mais podemos fazer do que como assinantes de qualquer canal pago não acessarmos tal tipo de produção para não incentivar. O cinema trabalha munido pela audiência. Vamos desprezar catálogos com este tipo de tema para evitar que voltem a serem produzidos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alexander

    ± 18 dias

    Fico pensando em como os pais dessas crianças permitiram a participação delas em um filme assim.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RaulinoSales

    ± 18 dias

    Grave e terrível a denúncia. A sociedade precisa se organizar e com coragem enfrentar, afastar e destruir os responsáveis.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Henrique

    ± 18 dias

    Este tema merece todos os holofotes do mundo. Como diria o Zé Wilker naquela novela: é grave, é muito grave, é gravíssimo! Espero que a jornalista não desanime por conta do pouco ibope por estas bandas - ao menos nos comentários. Sei que boicotar a Netflix é pedir demais, mas este filme é o mínimo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Cidadão Brasileiro

    ± 19 dias

    Na cabeça de quem cria essas aberrações não há empecilhos morais ou éticos, apenas planos de negócios sem escrúpulos. A legislação precisa ser muito objetiva para enquadrar pesadamente esses abusos, inclusive com multas à altura.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Cidadão Brasileiro

    ± 19 dias

    Na cabeça de quem cria essas aberrações não há empecilhos morais ou éticos, apenas planos de negócios sem escrúpulos. A legislação precisa ser muito objetiva para enquadrar pesadamente esses abusos, inclusive com multas à altura.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    ESTORVO

    ± 19 dias

    DEMAGOGIA BARATA. Filmes em catálogos de streaming estão lá para serem vistos por quem quer. Como nos sites pornôs. Ninguém é obrigado. Vamos sair "caçando" cineastas/roteiriistas por isso? Falsos moralistas; censores. Porque não fala dos programas "infantis" (tipo Xuxa) onde essa exploração sempre foi explícita? e os concursos de misses mirins? Muito estimulados pela tradicional família conservadora americana que a "gazetinha" e sua "comentarista" tanto exaltam? Hipócritas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    6 Respostas
    • I

      IvoHM

      ± 18 dias

      IvoHM: ops.: pedofilia

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • I

      IvoHM

      ± 18 dias

      Estorvo = livro escrito por Chico Buarque = esquerda caviar = defende pautas progressistas como aborto, pedolfilia, sexualização precoce de crianças, kit gay = QED.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • D

      djanuzi fontini reis

      ± 18 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      Cogito ergo sum

      ± 18 dias

      Você está certíssima Cristina. Parabéns. Continue . Essas matérias jamais serão repetitivas e tem que estar sempre em pauta. Nossas crianças estão, sim , sob ataque.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 18 dias

      Nunca exaltei concurso de.miss mirim. Onde você viu isso?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 18 dias

      Oi. Acho que você não entendeu o ponto. É claro que assiste quem quer. Pedófilos vão ser os primeiros a assistir. E depois vão sair às ruas inspirados naquelas cenas. As meninas de 11 anos estarão seguras? Você não se preocupar com as crianças? Outra coisa: se o filme é indicado para maiores de 18 é porque as cenas são impróprias para menores. Por que então o elenco é formado por menores de idade? Estes são os ppntos que levantei.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    Boraschi

    ± 19 dias

    Importante abordar esse tema. As familias devem ficar atentas aos avanços, nem sempre sutís, de grupos de interesse e criminosos, contra as crianças.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DANIEL MENDES DA SILVA CANDIDO

    ± 19 dias

    Incrível: parece que a Netflix desliga os filtros deles em troca de multiplicar o seu catálogo. São diversas produções de qualidade narrativa muito baixa. No caso desta produção em questão, a sexualização infantil já explicitamente faz parte da narrativa como sendo algo positivo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Adriana Arruda

    ± 19 dias

    Excelente artigo!!! Por mais pessoas como você. Pedofilia é crime e assistimos uma subversão de valores.... querendo transformar pedofilia em doença. Absurdo!!!! Esse país está a beira do caos judiciário.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Dissenha

    ± 19 dias

    Cristina não são os seus textos que estão sendo repetitivos. Fica apenas evidente, a meu ver, sua justa preocupação e o desrespeito com a infância. De novo. O dislike e a petição já estão à caminho. Agora, bom mesmo, é não assinar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Júlio

    ± 19 dias

    A pedofilia é uma barbaridade , que evidencia como o ser humano pode ser péssimo e egoísta, cativar este tipo de conduta é algo reprovável , não assisti esta série , mas pelo portifólio apresentado percebe-se que a série não tem conteúdo artístico e visa somente tratar crianças como adultos é lamentável !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    alceu nunes

    ± 19 dias

    Cristina, parabéns pelo seu posicionamento.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 19 dias

    Cristina é o duplo padrão moral da esquerda em ação. Como vc bem diz, uma criança de 11 anos exposta dessa maneira e ainda por cima negra? Cadê o BLM? Cadê os antirracialistas? Cadê a turma do bem do Leblon e da platinada? Hipócritas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Dinho Bryan

    ± 19 dias

    Petição assinada. Parabéns pelas matérias!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.