i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Diário de Autista

Foto de perfil de Diário de Autista
Ver perfil

Oficina de Lego para Autistas

  • PorHanna Baptista
  • 20/09/2017 15:14
Oficina de Lego para Autistas
| Foto:

O espaço NAV, localizado no shopping Crystal, tem sido referência em pioneirismo no entretenimento de crianças. E esse meu elogio se estende à iniciativa do espaço em fazer um teste no oferecimento de oficinas para crianças com Autismo. A ideia ainda está em fase embrionária, mas o primeiro teste já foi feito, com o oferecimento de uma oficina de lego para crianças com autismo.

A experiência foi interessante para dar um panorama geral para os envolvidos dos diferentes comportamentos que podem aparecer, bem como um pensar em como adequar melhor esse momento para o conforto dos pais e das crianças. Na primeira oficina, diferentes comportamentos surgiram: um montou o robô até o fim, outro montou pela metade, outro não quis entrar, outro entrou e não deu bola para o robô, outro entrou e ficou até a metade. Cada qual com seu modo único e lindo de ser, todos participaram à sua forma, inclusive até não participando (afinal, não participar é inclusive mostrar os desafios da prática com crianças com autismo).

A prática mostrou que um grupo de crianças autistas é, sim, um grupo heterogêneo. Apresentou delícias e dificuldades e abriu margem para desenvolver a ideia de novas oficinas, e um pensar mais concreto de como desenvolvê-las. Fiquei imensamente grata em participar da experiência. E fiquemos no aguardo de mais espaços de inclusão. Abraço a todos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.