i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Diogo Schelp

Foto de perfil de Diogo Schelp
Ver perfil
Internacional

Crise política nos EUA é também problema nosso

  • Diogo SchelpPor Diogo Schelp
  • 10/01/2021 17:48
crise política
Apoiadores de Trump entram em confronto com a polícia e forças de segurança ao invadir o Capitólio dos EUA em Washington, 6 de janeiro| Foto: Brendan SMIALOWSKI / AFP

"Temo que as eleições sejam manipuladas", disse Donald Trump em agosto de 2016. Sim, em 2016. Três meses depois, ele foi eleito presidente do Estados Unidos. Nem por isso deixou de dizer que houve fraude eleitoral. Trump passou a afirmar que venceu também no voto popular — quando, na realidade, recebeu 2,8 milhões de votos a menos do que a democrata Hillary Clinton. Ele ganhou, sim, na contagem de delegados no Colégio Eleitoral, que é o que vale no sistema de voto indireto americano. A crise política que os Estados Unidos enfrentam neste início de ano, com direito a uma invasão do congresso por manifestantes pró-Trump que resultou em cinco mortos, não começou agora. Está sendo gestada há anos, desde antes de Trump entrar na Casa Branca.

Trump foi eleito de forma legítima, assim como era legítimo o descontentamento de seus eleitores com a elite política americana, com a desconexão da burocracia de Washington com os anseios de uma parcela significativa da população do país. A democracia americana vem sofrendo corrosões há décadas, mas Trump provou-se o líder errado para corrigir o sistema. Tanto é assim que foi derrotado na eleição seguinte — no voto popular e no Colégio Eleitoral.

Nos seus quatro anos de governo, Trump não reformou e tampouco fortaleceu as instituições democráticas de seu país. Ao contrário, atuou sistematicamente para minar ainda mais a confiança do povo na democracia, com seus ataques à Justiça, ao consenso bipartidário, à imprensa e, acima de tudo, aos fatos.

Trump sempre soube que podia perder a eleição, por isso atuou para disseminar, desde antes de assumir o cargo, a suspeita de que o sistema eleitoral era manipulado com o objetivo de prejudicá-lo.

Obviamente, essas alegações se intensificaram depois que ele perdeu a eleição de novembro do ano passado para o democrata Joe Biden. Desde então, Trump disparou 300 tuítes com denúncias de fraude. A realidade, porém, era outra. Trump perdeu todas as 60 tentativas de contestar o resultado eleitoral na Justiça. E cada uma das suas alegações foi derrubada pelos fatos. Fatos simples, facilmente verificados.

Na semana passada, por exemplo, ele escreveu no Twitter (antes de ter a conta suspensa) que os estados querem refazer a votação, que os legislativos estaduais nunca aprovaram os resultados das urnas. Nada mais falso. Todos os estados aprovaram os resultados que sustentaram, posteriormente, a decisão do Colégio Eleitoral, favorável a Biden.

Na manifestação do dia 6 de janeiro que resultou na invasão do Capitólio, a sede do congresso americano, e na atual crise política, Trump disse que em Detroit, no estado de Michigan, houve mais votos do que eleitores registrados. Igualmente falso. Os dados oficiais da cidade indicam que apenas metade dos eleitores registrados depositaram seus votos. Não houve mais votos do que eleitores.

Como em qualquer mentira, quem a faz conta com a baixa probabilidade de que quem a recebe vai ter tempo, disposição ou capacidade de conferir por conta própria se a afirmação condiz com os fatos.

O principal alvo desse tipo de falsidade é o que se chama, nos Estados Unidos, de low information crowd, a massa de cidadãos mal-informados.

Não por acaso, a aceitação de um líder populista, de traços autoritários, está diretamente relacionada ao baixo nível de informação dos cidadãos.

Segundo pesquisa do World Values Survey, conduzida em dezenas de países há várias décadas, a aceitação de um líder forte em detrimento dos valores democráticos aumentou nos Estados Unidos nos últimos anos — o que pode ser compreendido como um sintoma do desencantamento dos americanos com seu sistema político e parte da explicação para a crise política vivida pelo país hoje.

Em 2006, 31,6% dos americanos achavam ótimo ou bom ter um governante forte. Em 2017, 37% deles consideravam ótimo ou bom ter um líder forte que não precise se preocupar com o parlamento ou com eleições. A proporção dos que consideram positiva uma liderança antidemocrática é significativamente menor entre os cidadãos com maior nível de escolaridade (supostamente aqueles com maior acesso a informação): 16,6% em 2006 e 25,2% em 2017. Ainda assim, como se pode perceber, a aceitação de líderes fortes aumentou espantosamente entre os americanos mais escolarizados.

No Brasil, a tendência se repete, com o agravante de que aqui o gosto por líderes fortes, de verve autoritária, é ainda mais acentuado. Em 2006, 62,1% dos brasileiros achavam ótimo ou bom ter um líder forte. Em pesquisa feita em 2018, a proporção dos que aceitavam um líder forte que não precisasse se preocupar com o congresso ou com eleições havia caído para 56,4%.

Entre os brasileiros com maior nível de escolaridade, a aceitação de um líder forte aumentou de 45,5% em 2006 para 53,5% em 2018.

Ou seja, assim como nos Estados Unidos, também no Brasil a aceitação de líderes antidemocráticos entre cidadãos de maior escolaridade aumentou. Ao contrário do que ocorre lá, porém, essa não é uma tendência geral da população. Aqui, apesar de mais da metade ainda flertar com a ideia de ter um líder forte alheio às instituições democráticas, essa aceitação tem tendência de queda — exceto entre os cidadãos mais escolarizados.

Trata-se de um fenômeno preocupante, porque significa que quem mais tem condições de estar bem informado no país se distancia cada vez mais dos valores democráticos.

Em um país onde 7 em cada 10 pessoas lêem apenas os títulos das notícias, alegações infundadas de fraude eleitoral tendem a ser aceitas com ainda mais facilidade.

O presidente Jair Bolsonaro tem seguido o mesmo roteiro de Trump na construção de uma narrativa cujo objetivo é disseminar a desconfiança em relação ao processo eleitoral — que, no caso brasileiro, é ainda mais transparente e protegido contra violações do que o americano.

Bolsonaro vem afirmando repetidamente que a eleição da qual saiu vitorioso foi marcada por fraudes e que isso pode se repetir na próxima votação de que ele vier a participar.

Se ele for derrotado na tentativa de reeleição de 2022 — o que, por enquanto, parece improvável, a julgar pelas pesquisas —, o Brasil corre o risco de enfrentar cenas ainda piores do que as que presenciamos no dia 6 de janeiro nos Estados Unidos. Afinal, aqui o presidente conta com o apoio de parte da cúpula das Forças Armadas, o que não ocorre com Trump nos Estados Unidos. Em vez de uma simples crise política, como ocorre nos Estados Unidos, poderíamos ter um ambiente propício para um golpe.

A direita democrática que apoia o governo Bolsonaro deveria recusar, desde já, sua falsa narrativa de fraude eleitoral.

20 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 20 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • O

    Otasito Sanches Tavares

    ± 0 minutos

    Ótimo artigo. Se Bolsonaro perder a eleição em 2022, com certeza haverá alguma confusão, no estilo Trump, de quem é seguidor. Mas, a possibilidade de golpe militar, nos dias atuais, está completamente descartada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • E

      Eduardo Prestes

      13/01/2021 12:20:19

      E ainda sobre a lisura do processo eleitoral, a desconfiança no Brasil e nos EUA nasce de uma certeza: a esquerda é desonesta, fanática, mentirosa e criminosa. Se puderem fraudar as eleições, os esquerdistas vão fraudar. Na mente do esquerdista, trata-se de uma guerra, onde a direita não tem o direito de governar ou mesmo existir. NENHUM país socialista teve eleições honestas, a fraude é a regra em qualquer regime marxista. Por isso a necessidade de sistemas eleitorais robustos e auditáveis, estamos lidando com criminosos, que estão infiltrados inclusive nas instituições, nos tribunais eleitorais e no STF.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • E

        Eduardo Prestes

        13/01/2021 12:11:46

        A crise política foi causada pela radicalização do Partido Democrata, dentro do qual ascenderam lideranças de extrema-esquerda. A polarização é criada pela esquerda, em todos os países. A eleição americana foi uma bagunça completa, criada de forma premeditada pelo PD com os votos por correio. Na Pennsylvania foram 2,54 milhões de votos por correio, sem qualquer checagem, com 560 000 cédulas em branco sobrando nas casas das pessoas. Isso não é uma eleição séria, houve fraude generalizada, os números provam. E no Brasil a esquerda surta só de ouvir falar em voto impresso, porque JÁ ESTÃO FRAUDANDO as eleições. Urna eletrônica elege até o Mickey Mouse, é só programar.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          Júnior

          12/01/2021 13:40:11

          Concordo com o artigo. No entanto, o presidente tem razão em uma coisa: As urnas eletrônicas não são auditáveis, como a mídia propaga. O software usado tem que ter seu código fonte aberto, afinal é uma eleição. Também deveria ser testado antes e depois das eleições, para verificar sua integridade. Isto não acontece. Qual o medo disto ? Quando a estrutura eleitoral não permite avançar na fiscalização do algoritmo, perde-se a confiança. O código do software eleitoral é simples de fazer e simples de manipular, qualquer iniciante em programação faz um. Portanto, o discurso procede enquanto não for transparente a apuração eleitoral.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • J

            José Luiz Almeida Costa

            12/01/2021 13:30:48

            No Brasil atual não é só o Bolsonaro que gera crise política. O Maia, literalmente "botafogo" diariamente. O STF decidiu legislar de forma autocrática. Criou um clima de insegurança jurídica jamais visto em nossa história. O autor parece desconhecer que o processo eleitoral norte-americano é confuso e deixa brechas à manipulações. Quanto aos cidadãos mal informados citados por ele, não seria um resultado dos conteúdos sofistas que afasta os leitores dos jornais?

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • M

              Marcelo Gurgel

              11/01/2021 17:33:36

              Claro que o Bolsonaro com suas declarações está aumentando a desconfiança nas urnas eletrônicas, o que não parece ser a posição mais sensata. Agora que a confirmação do voto é uma segurança, com certeza é.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • N

                Nico Gavelick

                11/01/2021 15:07:27

                É incrível a quantidade de "certezas" que os jornalistas têm com anos de antecedência.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                1 Respostas
                • E

                  Ernani

                  11/01/2021 16:18:02

                  Já está plantando a mentira dois anos antes, para depois se tornar "verdade"... Hipócrita!

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

              • L

                Luiz

                11/01/2021 14:06:39

                E o STF não virou uma ditadura de togados? Se metendo em outro poder toda hora. Eles tem uma agenda, derrubar o Bolsonaro. Isso é que é democracia né, prezado? Sobre os juízes lá de Brasilia vc não diz nada. Falar, como faz o "Bozo", que pode haver fraude nas eleições é querer dar um golpe? Diz aí, prezado, onde, quando o presidente fez qualquer ato antidemocrático que não respeitou a Carta Maior? Vou esperar sentado, Shelp. Seu texto é lixo.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • L

                  Luiz

                  11/01/2021 13:59:01

                  O pseudo jornalista esquerdo/progressista, credo!, viaja na maionese. Ele acredita que não houve fraude na eleição americana. Como ele é ingênuo, hein? Aliás, ele dá entender que vibrou muito com a eleição da esquerda americana. Bidem, Obama, Hilary, são tão honestos, bonzinhos, né? O mesmo se dá no Brasil. A esquerda tupiniquim é um primor de ética e moral. O mensalão e a Lava-jajo estão aí para confirmar, né Schelp? Nossa democracia correu perigo quando os Lularapíos/Dilmonas da vida estavam no poder. Não por acaso eles são apoiadores de regimes ditatoriais. E com o "Bozo" nossa democracia corre perigo? Algum ato do presidente nesses dois anos demonstrou isso? E o STF?

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • L

                    Lilian franca de vasconcelos

                    11/01/2021 13:48:04

                    Que viajada. Péssimo texto.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • L

                      Luiz Antonio Fraga

                      11/01/2021 12:51:41

                      Não vai haver "golpe com apoio das FFAA". O a colunista "viaja na maionese". Você desconhece como os militares pensam e como funcionam as coisas nas FFAA. Os militares que compõem esse governo não têm o poder de ingerência (que vc supõe existir) sobre os da ativa que se encontram no alto comando das instituições militares. Você fala bobagens e só especula a respeito de instituições que você desconhece como funcionam. Não estamos mais em 64! Acorda, o meu!!!

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • R

                        Rafael

                        11/01/2021 12:32:38

                        Diogo esquerdinha é o típico militonto, vê tudo de errado a quem é contrário e claro Bolsonaro passa longe de ser perfeito, mas os esquerdinhas esquecem de mostrar a podridão dos quem apoiam, a típica hipocrisia de um esquerdista!!! NOJO!!!

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • D

                          DJ Edertech

                          11/01/2021 11:56:02

                          Discordo totalmente da da sua opinião nesse post.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • D

                            Douglas dias

                            11/01/2021 10:33:51

                            O Poder Executivo está disposto a pagar a conta para imprimir o voto da urna eletrônica, que o eleitor visualizará (apenas o próprio voto) sem ter acesso ao papel impresso. Isso possibilitará auditoria das eleições, por que o STF não se dispõe a aceitar? O sigilo tecnológico do voto já pode ser garantido. O que querem mais para evitarem a balbúrdia nas eleições de 2022…?

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • L

                              Llelis

                              11/01/2021 9:56:26

                              Como sempre o Diogo desenvolve seus argumentos baseados em fatos e números. Muito oportuno esse artigo e digno de atenção, já que estamos a dois anos das eleições presidenciais.

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • D

                                DENISSON HONORIO DA SILVA

                                11/01/2021 3:13:25

                                Mas a pergunta que o brilhante jornalista não respondeu foi porque os americanos deixaram de acreditar na democracia. Não apenas pela figura bizarra de Trump. O americano urbano educado, globalizado é totalmente diferente do interiorano. Este já perdeu seu emprego para o chinês que ganha 30 dolares/mês. Fiquei observando na CNN, em todas cidades pequenas Biden perdeu. O que significa?Fratura exposta da sociedade. Se Biden, radicalizar suas causas progressistas, uma guerra civil pode estar a caminho. Bolsonaro foi congressista, para o bem ou mal. Sabe que o parlamento não se sujeita pura e simplesmente a bravatas. E o que pede é absolutamente factível. Voto impresso.

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                • R

                                  RAK1

                                  11/01/2021 2:50:23

                                  Quem tem medo de transparência, já se revelou. Voto impresso, eleitor confere e deposita na urna. Os votos enviados via sistema devem conferir com os da urna. Porquê tanta pressa pelo resultado, se o eleito, só vai assumir 60 a 80 dias após a eleição ???

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  • M

                                    Mauricio Portela dos Santos

                                    11/01/2021 0:44:30

                                    Lhe faço uma pergunta Diogo, a censura que Trump está sofrendo é democrática? Será mesmo que Trump é anti democratico?

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                    • D

                                      daise a. scopiato

                                      10/01/2021 21:52:18

                                      Diogo, respeito sua opinião mas, discordo totalmente!! Ou eu ou vc estamos mal informados!!!

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                      Fim dos comentários.