i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Diogo Schelp

Foto de perfil de Diogo Schelp
Ver perfil
Ideias

Precisamos falar de patriotismo neste 7 de setembro

  • Por Diogo Schelp
  • [06/09/2020] [18:00]
patriotismo bandeira
Hasteamento da Bandeira Nacional no Palácio do Alvorada: patriotismo| Foto: Marcos Correa/PR

A dois anos de comemorar o Bicentenário da Independência do Brasil, teremos nesta segunda-feira uma comemoração de 7 de setembro sem desfiles militares e sem povo nas ruas. Uma portaria do Ministério da Defesa orientou as Forças Armadas a evitar festividades com aglomerações, por causa do risco que isso implica no contexto da pandemia do novo coronavírus. Apesar disso — ou justamente por causa do momento inédito que o país está vivendo —, essa é um oportunidade para os brasileiros refletirem sobre patriotismo.

Um 7 de setembro sem paradas militares nos leva a pensar no significado do patriotismo para além dos seus símbolos mais óbvios. O amor à pátria vai muito além da capacidade de se defender de ameaças externas. Vai muito além das cores da bandeira e tampouco é monopólio desse ou daquele grupo político.

Patriotismo é o sentimento de pertencimento a um país. Em artigo publicado em 1999 na revista Political Psychology sob o título "On the Varieties of National Attachment: Blind Versus Constructive Patriotism", os pesquisadores americanos Robert T. Schatz, Ervin Staub e Howard Lavine apresentaram os traços cognitivos e comportamentais de duas variedades de patriotismo: o cego e o construtivo.

O patriotismo cego se caracteriza pela fidelidade rígida e sem questionamentos à nação. O patriotismo construtivo, por sua vez, é identificável pela fidelidade crítica, visando a obter mudanças positivas de longo prazo pelo bem do interesse nacional. "Ambas as orientações são 'patrióticas' no sentido de identificação positiva e de sentimento de vínculo afetivo com o país", escrevem Schatz, Staub e Lavine.

O trio de pesquisadores conduziu dois estudos com estudantes americanos para medir as diferenças entre as duas variedades de patriotismo, segundo critérios cognitivos e comportamentais. Entre outros resultados, descobriu-se que o patriotismo construtivo está mais relacionado a atitudes de valorização de eficácia política, de conhecimento político, de busca de informações e de ativismo. Já o patriotismo cego está mais ligado ao nacionalismo, à preocupação com contaminação cultural e à desconexão com o sistema político.

Os autores apresentam, portanto, o patriotismo cego e o patriotismo construtivo como duas dimensões separadas de um mesmo fenômeno, unidos entre si por cidadãos que compartilham de um forte sentimento de vínculo ao país — o grau de adesão dos participantes do estudo a esse sentimento foi verificado por meio de uma lista de dezessete fatores que medem o "pertencimento nacional".

Se essas duas dimensões de patriotismo fossem aplicadas à realidade brasileira atual, descobriríamos algumas diferenças em relação aos estudos conduzidos nos Estados Unidos. Por exemplo, a preocupação com a contaminação cultural, ou seja, com a possibilidade de que a identidade nacional esteja ameaçada pela entrada de imigrantes, se revelaria bem menor no Brasil. Além disso, a distinção entre "patriotas cegos" e "patriotas construtivos" no que se refere ao grau de conhecimento político talvez não se mostrasse tão acentuada no Brasil como o foi nos Estados Unidos.

Em essência, porém, o reconhecimento de que existem duas dimensões do sentimento patriótico — um mais rígido, avesso a questionamentos, e outro mais crítico, que almeja transformações — é muito útil para compreender a realidade atual no Brasil.

No Brasil, essas duas variantes de patriotismo estão em choque. Mas identificar-se com uma ou com outra não dá a ninguém o direito de reivindicar o monopólio do amor à pátria.

Em tempo, se alguém quiser fazer um teste rápido para saber a qual grupo patriótico pertence, pode responder às seguintes perguntas, adaptadas do estudo acima citado: "Se eu critico o Brasil, faço isso por amor ao meu país" e "Se outro país criticar uma política adotada no Brasil sobre a qual tenho pouco conhecimento, eu não necessariamente vou apoiar a posição do meu país". Se você concorda com ambas as afirmações, provavelmente é um patriota construtivo.

11 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]
Tudo sobre:

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 11 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    Miguel Bersano

    ± 8 horas

    Fica aqui um pergunta ao articulista. Foi recentemente publicado um vídeo 'Amazônia ou Bolsonaro', apoiado basicamente em inverdades, que prega o boicote aos produtos brasileiros, visando enfraquecer a economia do país. Os brasileiros que ajudaram a fazer este vídeo, e os que o apoiam está mensagem, são o que? Patriotas construtivos? Ou inimigos do Brasil?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 10 horas

    Patriotismo? E esquerdista algum sabe o que é? Esses hipocritas vivem demonizando os militares. Se não fossem eles estaríamos num regime ao estilo cubano. E entregues ao bolivarianismo. Salve a pátria amada Brasil. Vcs jamais vestirão o verde e amarelo. Cambada de vermelhinhos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nelson Souza Sarinho

    ± 10 horas

    Se o seu país é democrático, o governo, qualquer que seja ele, foi eleito legitimamente pela maioria da população. Diante disso, qualquer patriota pode e deve, no plano interno, questionar as posições do governo. Porém no plano externo as posições não são do governo, mas do país e se alguém não apoia a posição do seu país diante de interesses de nações estrangeiras, independendo de estar ou não informado do assunto, não merece pertencer a nação que supostamente pertence, devendo ser execrado publicamente como um reles traidor.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARCIA MONTEIRO SAMPAIO DE SOUZA

    ± 11 horas

    Diogo, vivemos tempos de ingerências e influências. Ouvir algum estrangeiro acerca de nós mesmos exige o cuidado e auto-estima altos. Chega de “brasilianists”, considerados isentos de interesses. Tomara que o tempo da vassalagem cultural, costumeira e de “confiança” tenha acabado. O patriotismo propositivo exige lucidez.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    João Teixeira Pires

    ± 13 horas

    Devemos cultivar o patriotismo ou o globalismo? Neste mundo interligado e interdependente, vale a pena nos fixarmos tanto em nossas pátrias, seja de forma cega ou construtiva? Calma, são só pensamentos, dúvidas cruéis.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nm

    ± 13 horas

    Olavo Bilac. define o patriotismo nesse belo poema A Pátria Ama, com fé e orgulho, a terra em que nasceste! Criança! não verás nenhum país como este! Olha que céu! que mar! que rios! que floresta! A Natureza, aqui, perpetuamente em festa, É um seio de mãe a transbordar carinhos. Vê que vida há no chão! vê que vida há nos ninhos, Que se balançam no ar, entre os ramos inquietos! Vê que luz, que calor, que multidão de insetos! Vê que grande extensão de matas, onde impera Fecunda e luminosa, a eterna primavera! Boa terra! jamais negou a quem trabalha O pão que mata a fome, o teto que agasalha...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Meg Litton

      ± 12 horas

      Que bela lembrança!!! Aprendi este poema na escola, já não lembrava dele...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Dario de Araújo Dafico

    ± 14 horas

    Amazônia, sempre a Amazônia! É preciso ter muito cuidado! Externamente temos que defender a postura de nosso país contra os estrangeiros, mesmo entendendo que existem muitos problemas, pois o risco é muito alto de perdemos autonomia. Em nível interno temos que procurar entender os problemas e aos poucos corrigi-los.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Destemido

    ± 16 horas

    Sou patriota, amo meu país, mas definitivamente me sinto minoria. A minha percepção é que o Brasil nunca teve um viés de patriotismo fora do futebol. Parece um bando de piratas a disputar um espólio infinito.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sergio

    ± 2 dias

    Desenvolvi ser patriota de mim mesmo. Queria salvar o mundo, depois o país, o estado e por último a minha cidade. Frustei. Agora, busco a qualidade de vida no meu entorno, seja lá onde estiver

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 2 dias

    Interessante o jogo de palavras. Mas se eu criticasse a postura de partidos de esquerda ao fracasso educacional no Brasil, seria um patriotico cego ou construtivo? Se aceitasse as criticas dos paises europeus a proteção da Amazonia, seria contrutivo? As respostas simples a temas tão complexos podem redundar em atitudes e atos estultos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.