i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Educação e Mídia

Foto de perfil de Educação e Mídia
Ver perfil
EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A evolução dos cursos a distância

  • Por Educação e Mídia
  • 17/02/2020 15:52
A evolução dos cursos a distância
| Foto:

Houve um tempo em que, se você dissesse ao seu chefe ou aos seus amigos que estava fazendo um curso profissionalizante a distância, eles te olhariam dos pés à cabeça e perguntariam se dá para aprender de verdade com cursos a distância.

Finalmente, a desconfiança em relação a EaD está se dissipando e cada vez mais pessoas têm aderido a essa modalidade para formação. E têm aderido com segurança e confiança. Mas ainda há quem se pergunte se o certificado ou o diploma vai ser igual ao do presencial, se vai aprender as mesmas coisas que são vistas na versão presencial do curso. Se você ainda vê a educação a distância como um desafio, posso te dizer que dá para encarar sem medo, pois ela está cada vez mais estruturada. Como em qualquer tipo de curso, é importante ir atrás de todas as informações, tirar todas as dúvidas antes de começar a estudar a distância. Essa busca também é válida para uma empresa que deseja contratar esse tipo de curso para os seus colaboradores.

Nesse caso, uma dica é verificar se a instituição é reconhecida no mercado educacional, mesmo que esse reconhecimento venha de cursos presenciais, pois certamente é uma instituição que vai se preocupar em manter a mesma qualidade em todas as modalidades de oferta.

Existem diversas opções para quem está pensando em escolher EaD. Uma possibilidade são os cursos semipresenciais que possuem maior carga horária a distância, mas que contam com momentos presenciais regulares. Cursos técnicos nessa modalidade são muito recomendados inclusive para quem está em dúvida sobre a carreira e ainda não sabe qual graduação cursar.

Outra alternativa é escolher cursos mais curtos, sejam eles totalmente on-line ou com momentos presenciais, assim já dá para saber como é a rotina de quem estuda na modalidade. Uma coisa é certa: estudar a distância dá mais independência, mas também exige disciplina. Quem estuda a distância, aprende a organizar sua rotina de estudos para aproveitar melhor o tempo. Com isso, já vai desenvolvendo habilidades de planejamento e organização que são úteis em qualquer carreira.

E se por um lado a educação a distância ainda pode apresentar desafio e superação para quem estuda, também é para quem oferta.

O Censo da Educação Superior de 2018 apontou que pela primeira vez, o Brasil registrou mais vagas de ensino superior em cursos a distância do que em cursos presenciais. Isso mostra que houve expansão da educação a distância no país. No entanto, para todas as instituições que ofertam cursos a distância, sejam eles de graduação, técnicos ou outros, são muitos os pontos de atenção. Um exemplo é a rapidez das mudanças tecnológicas e dos hábitos de consumo relacionados à tecnologia, pois manter-se atualizado é essencial para os ofertantes de EaD. Outro cuidado está em desenvolver cursos, processos pedagógicos e estratégias que promovam o verdadeiro aprendizado, aproximando o estudante tanto do perfil profissional que ele busca, como da própria comunidade escolar. É fundamental que o estudante se sinta amparado e pertencente.

Por fim, o letramento digital também desafia a educação a distância. As instituições também precisam se preocupar em acolher alunos que muitas vezes ingressam na modalidade tendo as redes sociais e o smartphone como única familiaridade com o meio tecnológico. Muitas vezes, isso não é suficiente para que o indivíduo saiba utilizar ferramentas de tecnologia, aproveitando ao máximo os recursos disponíveis ou ainda, que consiga compreender as mídias, lendo, interagindo, desenvolvendo criticidade e protagonismo. É preciso promover o letramento dando condições para que o aluno perceba que não está sozinho do outro lado da tela e consiga construir o conhecimento e o pensamento reflexivo de forma mediada.

É um caminho que se faz caminhando e a EaD pode contribuir neste processo. Para os estudantes, é mais uma oportunidade.

*Texto escrito por Estela Pereira, formada em Estatística pela UFPR, possui MBA em Gestão de Organizações Educacionais pela Opet e Gestão de Instituições de Educação Profissional pela Faculdade Senai SC. Atualmente cursa Biblioteconomia a distância pelo Claretiano e atua como analista de educação do Sistema Fiep. O Sistema Fiep colabora voluntariamente com o Instituto GRPCOM no Blog Educação e Mídia.

**Quer saber mais sobre cidadania, responsabilidade social, sustentabilidade e terceiro setor? Acesse nosso site! Acompanhe o Instituto GRPCOM também no Facebook: InstitutoGrpcom  e Instagram: instagram.com/institutogrpcom

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.