i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Educação e Mídia

Foto de perfil de Educação e Mídia
Ver perfil

Qual é a escola dos sonhos dos jovens?

  • PorEducação&Mídia
  • [23/04/2019] [11:56]
Qual é a escola dos sonhos dos jovens?
| Foto:

Quando se discutem mudanças na educação, a opinião dos jovens geralmente fica em último lugar na fila. Entram gestores, especialistas e educadores, que possuem perspectivas diferentes daquelas dos estudantes que vivem o dia a dia da escola. No entanto, antes de agir é preciso escutar. Em 2016, 132 mil estudantes foram ouvidos pelo Porvir na pesquisa Nossa Escola em (Re)Construção. Nos últimos dias, a segunda etapa, com dados de 2017 e 2018, teve a participação de 19.884 adolescentes e jovens de 11 a 21 anos.

 

A pesquisa convida participantes a dizer como é a sua escola atual ou a última em que estudaram e como eles gostariam que ela fosse. Como objetivo final, está o apoio a educadores e gestores para a promoção de transformações a partir das demandas dos estudantes.

 

Quando perguntados sobre os aspectos que compõem o ambiente escolar, os professores são os mais bem avaliados pelos estudantes. Na outra ponta, tecnologia aparece como o item mais criticado, o que mostra que por mais que a vida do estudante fora da escola tenha a influência do mundo e da cultura digital, o mesmo não acontece dentro do ambiente de aprendizagem.

 

O formato da pesquisa foi criado a partir da metodologia PerguntAção, desenvolvida pela Rede Conhecimento Social, que envolve o público pesquisado em todas as etapas do processo, ela foi disponibilizada por meio da plataforma de escuta online e gratuita Nossa Escola em (Re)Construção.

 

Se em 2016 a amostra contou com maior participação das redes estaduais de São Paulo e de Goiás, a segunda edição teve como destaque a rede do Espírito Santo, com 13.649 respostas. Trata-se da rede estadual que mais avançou no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) entre 2013 e 2017. Segundo o Boletim Aprendizagem em Foco, do Instituto Unibanco, esse movimento ocorreu pelo aumento nas taxas de aprovação (de 79% para 86%) e, principalmente, pelo fato de os jovens capixabas terem o melhor desempenho do país nos testes de matemática e língua portuguesa.

 

Veja abaixo outras conclusões da pesquisa Nossa Escola em (Re)Construção:

Ficou curioso e quer saber mais?  Veja o relatório completo!

 

* Texto escrito pela equipe do Porvir, maior portal de informações sobre inovações em Educação, na internet. O Porvir/Instituto Inspirare colabora voluntariamente com o Instituto GRPCOM no Blog Educação e Mídia.

**Quer saber mais sobre cidadania, responsabilidade social, sustentabilidade e terceiro setor? Acesse nosso site! Acompanhe o Instituto GRPCOM também no Facebook: InstitutoGrpcom, Twitter: @InstitutoGRPCOM e Instagram: instagr-am.com/institutogrpcom

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.