i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Flavio Gordon

Foto de perfil de Flavio Gordon
Ver perfil

Sua arma contra a corrupção da inteligência. Coluna atualizada às quartas-feiras

Desarmamento, desmilitarização e governo mundial

  • Por Flavio Gordon
  • [16/09/2020] [22:56]
Monumento desarmamentista na sede da ONU, em Nova York.
Monumento desarmamentista na sede da ONU, em Nova York.| Foto: Flavio Botana/Pixabay

“A ‘nova ordem mundial’ será aquela que saberá combinar o desarmamento, a segurança, o desenvolvimento e o respeito ao meio ambiente” (François Mitterrand, Conferência do Rio, 1992)

No dia 13 de agosto de 2016, para quem não lembra, o site DC Leaks vazou na internet o conteúdo de centenas de e-mails hackeados das fundações do magnata George Soros. Entre as muitas coisas interessantes reveladas com o vazamento, ficamos sabendo por exemplo que, entre agosto de 2015 e agosto de 2016, o “coletivo” brasileiro Mídia Ninja (rede de mídia supostamente alternativa, famosa por cobrir as manifestações de 2013 e apoiar a ação dos black blocs) recebeu de Soros um financiamento no valor de US$ 80 mil (ou, à época, R$ 250 mil).

Fato pouco notado à época foi que, na planilha em que se discrimina o montante doado, o Mídia Ninja aparece caracterizado como “o olho coletivo para reduzir a violência policial”, cuja missão seria “fortalecer uma estrutura de mídia independente no Brasil visando a reportar, promover discussão e inibir a violência policial contra manifestantes”. Embora a informação possa parecer casual, reside aí, nessa descrição, a razão principal para Soros haver decidido patrocinar um grupelho brasileiro de extrema-esquerda. Na escala de prioridades da Open Society Foundations, a agenda de enfraquecimento global das polícias ocupa, hoje, a primeira posição.

Naquele mesmo ano de 2016, apenas dois meses após o vazamento, a militante pró-desencarceramento Rachel Herzing, bolsista da Open Society, publicou no site da fundação um artigo em que propunha não a melhora, nem a reforma, da polícia, mas simplesmente o seu sucateamento. Raciocinando sobre a premissa neomarxista de que a polícia só existe para garantir os interesses dos poderosos, Herzing escreve: “Sabemos que o modo mais seguro de reduzir a violência policial é reduzir o contato com a polícia. Portanto, em lugar de desenvolver novas ferramentas, incrementar o treinamento ou coletar mais dados que possam aprimorar o policiamento, a nossa missão deveria ser imaginar como diminuir o tamanho e o alcance das forças policiais, reduzir o número de instrumentos à disposição dos policiais e restringir a sua habilidade de nos acossar”.

No ano seguinte, em outubro de 2017, a Open Society promoveu uma conferência intitulada: “Policiando os corpos negros: vidas negras importam? Uma conversa sobre a polícia no Brasil e nos EUA”. Entre os palestrantes convidados, constavam os nomes dos brasileiros Wagner Moreira Campos – membro da ONG Instituto de Desenvolvimento Institucional e Ação Social (Ideias) e advogado do movimento dos sem-teto (MTST) da Bahia – e Francisca Sena, integrante da ONG Instituto Negra do Ceará (Inegra). Segundo a descrição do evento: “No Brasil, a violência policial contra as comunidades negras é tão grave que costuma ser caracterizada como genocídio do povo negro”.

Reparem que a agenda é antiga e que, portanto, a morte de George Floyd não foi causa, mas apenas pretexto, para a violenta campanha antipolícia que ora presenciamos em 2020. Que tenha sido pretexto é fácil de notar quando lemos o artigo que outra bolsista da Open Society, a também ativista pró-desencarceramento Mariame Kaba, publicou em junho deste ano no The New York Times. Intitulado Yes, We Mean Literally Abolish the Police, o texto é essencialmente idêntico ao de Herzing, dando a impressão de que quem fala por intermédio de ambas as autoras é mesmo George Soros, tal qual um ventríloquo com seus bonecos.

A morte de George Floyd não foi causa, mas apenas pretexto, para a violenta campanha antipolícia que ora presenciamos em 2020

“Basta” – conclama a extremista de esquerda, repetindo o mantra da Open Society: “Não podemos reformar a polícia. A única forma de diminuir a violência policial é reduzir o contato do público com a polícia... Ao longo dos anos, tenho defendido a abolição da polícia. Mas, seja qual for a sua visão do poder de polícia – queira você se livrar dela, ou apenas torná-la menos violenta –, eis uma demanda imediata que todos podemos fazer: reduzir pela metade o número de policiais e o seu orçamento. Menos policiais significam menos oportunidades para que eles brutalizem e matem pessoas. A ideia tem ganhado força em Minneapolis, Dallas, Los Angeles e outras cidades”.

Kaba conclui o texto com aquela autoindulgência e ilusão de superioridade moral tão típica dos revolucionários: “Pessoas como eu, que desejam abolir a polícia e as prisões, temos a visão de uma sociedade diferente, erguida sobre a cooperação, e não sobre o individualismo; sobre a ajuda mútua, e não sobre a autopreservação”.

Pode parecer surpreendente e incompreensível o pesado investimento de Soros na campanha antipolícia – que, na verdade, se insere num amplo projeto de revolucionar o sistema judicial americano. Só neste ano, por exemplo, o investimento da Open Society no Black Lives Matter e em outros movimentos antipolícia totalizou US$ 220 milhões. Mas a coisa surpreende menos quando lembramos que o desarmamento e a desmilitarização – tanto em nível intranacional (das polícias e dos cidadãos) quanto internacional (dos exércitos) – sempre esteve no cerne do projeto globalista de governo mundial, como condição essencial para o enfraquecimento das soberanias nacionais e o fortalecimento das organizações supranacionais, particularmente da ONU.

Aproveitando-se da pandemia, por exemplo, Mikhail Gorbachev – aliado circunstancial de Soros no projeto de governo mundial – escreveu em seu mais recente artigo na revista Time: “Já não ficou claro o bastante que as guerras e a corrida armamentista não podem resolver os problemas globais contemporâneos?... Não me canso de repetir: precisamos desmilitarizar os assuntos mundiais, a política internacional e o pensamento político… Especificamente, rogo para que os gastos militares sejam reduzidos de 10% a 15%. Isso é o mínimo que os Estados nacionais deveriam fazer agora, como um primeiro passo na direção de uma nova consciência, de uma nova civilização”.

Nos EUA, a proposta desarmamentista foi desde o início encabeçada pelo Council of Foreign Relations (CFR), um dos principais think thanks globalistas do mundo. Já em fevereiro de 1961, por exemplo, sete meses antes que o presidente Kennedy lançasse o seu plano para a paz mundial, o seu Departamento de Estado, sob comando de Dean Rusk (membro do CFR), encomendou a uma empresa privada, o Institute for Defense Analyses (IDA), um estudo mostrando como o desarmamento poderia ser instrumentalizado em favor da governança global.

Em março do ano seguinte, o estudo foi concluído, e o IDA apresentou o relatório final, significativamente intitulado Um Mundo Efetivamente Controlado pelas Nações Unidas (1962). Seu autor era o cientista político Lincoln P. Bloomfield, também membro do CFR, e à época diretor do projeto de controle de armas do Centro de Estudos Internacionais do Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Esse projeto político totalitário em larga escala é sempre muito bem envelopado na retórica da paz, da igualdade e da justiça social

O relatório é particularmente instrutivo porque, ao contrário da maior parte de seus pares, o professor Bloomfield não recorreu aos eufemismos e jargões diplomáticos usuais nesse tipo de material. Acreditando dirigir-se exclusivamente aos camaradas globalistas, mediante memorando sigiloso que jamais veria a luz do dia, deve ter se sentido seguro para falar franca e diretamente. Cito a seguir o trecho de abertura do documento:

“Um mundo efetivamente controlado pelas Nações Unidas é um mundo no qual o ‘governo mundial’ será criado por meio do estabelecimento de instituições supranacionais, caracterizadas por uma pertença obrigatória e universal, bem como por alguma habilidade para empregar força física. O controle efetivo implicaria uma preponderância do poder político nas mãos de uma organização supranacional… A presente Carta da ONU poderia ser revisada de modo a possibilitar que essa organização cumpra a tarefa visada, destarte permitindo um rearranjo radical do poder no mundo” (grifos meus).

“A noção de um mundo controlado pela ONU soa, hoje, como fantasiosa” – escreve ainda Bloomfield. “Os cientistas políticos geralmente se descabelam diante de toda conversa sobre nova ordem, que veem como utópica e descolada da realidade política. Mas mentalidades arejadas dos meios militar, científico e industrial, ao se concentrarem sobre a cada vez mais irracional corrida armamentista, não raro concluem que a lógica do governo mundial – e é de governo mundial que estamos tratando aqui – é inescapável” (grifos meus).

Para que não houvesse qualquer dúvida sobre o sentido do que estava sendo dito, Bloomfield definiu precisamente os termos utilizados no título: “‘Mundo’ significa que o sistema é global, sem exceções ao seu alcance: pertencimento universal. ‘Controlado efetivamente’ implica que um relativo monopólio da força física está no centro do sistema, exigindo, portanto, a preponderância do poder político nas mãos de uma organização supranacional… Por ‘Nações Unidas’ não entendemos necessariamente a organização tal qual existe no momento… Finalmente, para evitarmos eufemismos infindáveis e verborragia evasiva, o regime em questão será ocasionalmente referido, sem grandes pudores, como um ‘governo mundial’” (grifos meus).

Com as próprias palavras do autor, é possível resumir os três principais pontos do documento: 1. “O desarmamento nacional é uma condição sine qua non para o controle efetivo da ONU”; 2. “O ponto essencial é a transferência do elemento mais vital do poder soberano dos Estados nacionais para um governo supranacional”; e 3. “O fato central acachapante seria a perda do controle de seu poderio militar por parte das nações individuais”.

É claro que, como se vê nos escritos das bolsistas do Soros, bem como nos do velho Gorbachev, esse projeto político totalitário em larga escala é sempre muito bem envelopado na retórica da paz, da igualdade e da justiça social – algo que não deveria iludir o leitor brasileiro em especial, uma vez que as palavras “paz”, “justiça” e “igualdade” integram o lema das duas principais facções criminosas do país. A promessa é sempre linda; os efeitos, sempre trágicos. No próximo artigo, abordaremos alguns desses efeitos já observados nos EUA – país que em que o direito à defesa (armada!) da soberania nacional e da liberdade individual é garantido na famosa Segunda Emenda da Constituição, a verdadeira pedra no sapato dos globalistas de todo o mundo.

Conteúdo editado por:Marcio Antonio Campos
31 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]
Tudo sobre:

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 31 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • T

    TIAGO VIEIRA LOPES DA SILVA

    ± 8 horas

    Yet fine that we has a constitution!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eldo Brito

    ± 4 dias

    Precisamos, Flávio Gordon, que publique um livro sobre esse tema. É necessário, é urgente!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Renata

    ± 5 dias

    flavio Gordon é uma aula sempre!!!!!!!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Júlio

    ± 8 dias

    Excelente ! Temos que ficar atentos , pois muitas vezes por trás de ideais de pseudo justiça e liberdade existe o objetivo de dominar a humanidade , nos transformando em gado e debelar a nossa individualidade!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Renata

    ± 10 dias

    Excelente, como de costume!!!!!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alex

    ± 10 dias

    Parabéns Gordon!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ALVARO JOSE JUNQUEIRA NUNES

    ± 10 dias

    É preciso borrar de vez esta maquiagem artificial da maldade de um poder centralizado mundialmente, promotor da paz domesticada. Na verdade são escravocratas da população, castradores da humanidade. Jamais usaria uma arma, porém, quem as possa e saiba usar deve fazê-lo, caso necessário, o que difere do poder bélico preventivo de uma nação. Conversa fiada da esquerda caviar, que particulariza a violência existente contra algumas minorias, o que realmente ocorre, mas se esquece da agressão diária ao indefeso cidadão comum. Hipócritas socialistas de Iphone!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Helder

    ± 10 dias

    Texto sem ligação com a realidade. Fantasia para liberar o crime. Diga para o crime organizado se desarmar, para a China, Coréia, Rússia, EUA se desarmarem. E mais perto, diga para a Venezuela e Cuba se desarmar. More numa cidade sem polícia e tente sair à noite. Como a Gazeta pode publicar uma coisa desta, irreal, fantasiosa e até criminosa para com a sociedade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • F

      Fernando Galucci

      ± 10 dias

      Helder, você é analfabeto funcional?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • A

      Admar Luiz

      ± 10 dias

      Esse cara desando na maionese, hein? Será que sabe ler? Interpretar tenho certeza que não. Putz!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sérgio Guerra

    ± 10 dias

    Neste plano terrestre infelizmente ainda é necessário o armamento dos Países para a Paz. Há uma cidade dos USA, assim , como deve, em muitas centenas delas, que os índices de violência são quase zero, pois todo mundo tem arma. O desarmamento promovido pelos comunas do PT, foi planejado para que a população não pudesse de defender de um golpe,que quase ocorreu. Não fosse as manifestações de 2013 , que culminou com a saida da anta. Nada mudou neste mundo desde a potencial roma. Mas teremos cenas dos próximo capítulos. ONGS nunca mais

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    D. L. Paiva

    ± 10 dias

    Muito bem. Vamos tirar as armas de países como EUA, Inglaterra, França, Austrália, etc. Só que a rússia e a china continuarão desenvolvendo a suas do mesmo jeito. Nem precisa falar no que isso daria...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Diz

    ± 10 dias

    Desarmamentismo? Já combinaram com o crime organizado? Com os comunistas? Nazistas? Petistas? Psolistas? .......?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Leandro RQ

    ± 10 dias

    Muito bom o texto! Sobre o tema, só falta combinar com os chineses. O Partido Comunista Chinês aumenta ano após ano os gastos militares. As ambições geopolíticas deles só aumentam. O objetivo? arrumar comida pra 1.5 bilhão de pessoas. Experimenta falar em desmilitarização pros vizinhos deles....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    FABIO KINSEL

    ± 10 dias

    Excelente artigo. Lúcido e bem escrito. Precisamos lutar contra o globalismo para que nossos filhos não se tornem escravos. Precisamos também de uma "segunda emenda" na nossa Constituição.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    SERGIO RODRIGUES MARTINS

    ± 10 dias

    Prazer de ler os artigos de Flavio Gordon, sempre esclarecedores e bem fundamentados! Como deliram esses esquerdistas! Eu fico com a lição secular: Si vis pacem, para bellum!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 10 dias

    Esses globalistas do belo e do bem esquecem da China , da Russia, do Irã, da Coreia do N., de Cuba e tutti quanti, né? Então fiquemos assim, o pacifista George Soros vai desarmar esses países? "Paz", "justiça", "igualdade"? Rsrs, conta outra vai. Vão falar lá com ditador cucuracho da Venezuela sobre desarmar, por ex, as milicias que lhe dão apoio, hein? Viu no que deu tirar as armas do cidadão? O povo se tornou refém de um déspota carniceiro sem mesmo o direito de defesa. Tá ceto os gringos. Lá a segunda emenda é sagrada. Ninguém tasca ninguém tira.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo P.

    ± 10 dias

    Otimo texto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    eduardo pontes de andrade

    ± 10 dias

    Excelente artigo,muito elucidativo e assustador.Um mundo todo governado por poucos poderosos,não eleitos,com pleno poder.As pessoas têm que abrir os olhos enquanto há tempo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Pzig

    ± 10 dias

    Muito bom! Parabéns Flavio Gordon e Gazeta, por nos brindar com a matéria.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fabiano Lima

    ± 10 dias

    Sou pacifista e a favor de um mundo sem armas. Porém só vou acreditar que isso é possível, quando a polícia subir o morro para cumprir um mandado e ser recebida com uma chuva de flores; quando você entrar em território Talibã ou do EI e ser recebido con pétalas de rosa; quando der de cara com ladroes entrando em sua casa e pedir por favor para eles irem embora e desistirem e eles educadamente se retirar. Enquanto isso prefiro acreditar que armas são necessárias inclusive para manter a paz mundial e para manter o direito de defesa dos indivíduos. Algo diferente disso é ingenuidade ou má fé .

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Marcelo

      ± 10 dias

      Excelente! Também sou desse time a favor da paz e contra as armas.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LEONARDO RIBAS GOMES

    ± 10 dias

    Quem defende pessoas armadas deve ter um fetiche com a morte e com a violencia. Me parece claro que uma sociedade avancada requer menos violencia. A policia no Brasil é extremamente violenta. Com negros e pobres, então, muito mais. Quem não enxerga isso, deve estar perdendo tempo conversando com seu amigo invisivel, que diz como o mundo deve ser. Gordon, faz uma série sobre as cruzadas, e as mulheres assassinadas pela igreja? Ou Gordon, faz uma série sobre as milhões de pessoas (pajens em geral) abusados por padres durante toda história de igreja católica. AO inves de ter tanta raiva de quem quer um mundo sem armas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • S

      Senor Rodriguez

      ± 10 dias

      O cara quando confrontado com os fatos REAIS, se abriga na lenga-lenga "ah, mas a inquisição pi pi pi pó pó pó...", ah, mas o morro, os negros e pobres pipipi... Ah, mas os padres..". Se liga na vida real cidadão. Ou se mude para uma comunidade hippie isolada de tudo no meio da mata (sim, elas existem).

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      Carmo Augusto Vicentini

      ± 10 dias

      Quanta bobagem! Trata-se de igenuidade? Ou seria delinquência intelectual com pitada de ateismo ressentido?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • E

      Eduardo

      ± 10 dias

      Vá estudar rapaz! A hegemonia literária da esquerda e dos “iluminados” já não mais existe e você pode ler os dois lados da história e ter mais elementos para não escrever tanta bobagem e passar vergonha.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    renato mello

    ± 10 dias

    Quem dera se tivéssemos na nossa Constituição uma segunda emenda como os americanos têm. Acho que aberrações como MST e notícias de invasões de imóveis por bandidos sem teto nem existiriam.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 10 dias

    Somente um desinformado ou por não dizer mal intencionado em aceitar disparates com esses: Governança mundial, desarmamento mundial, ecoterrorismo. Faço um apelo àqueles que tenham balançado a estas ideias estafurdias, a leitura de Paz e Guerra entre Nações e Opio dos Intelectuais, de Raymond Aron. Escritos há muito tempo, eliminam quaisquer dúvidas das ideias marxistas-leninistas sobre estas aberrações.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOSMAR PORTUGAL VAZ

    ± 10 dias

    Financiando a utopia . Que loucura ! Baita malandro este Soros . Vai permanecer na riqueza e os novos governadores do planeta vão deitar e rolar em cima das mordomias como fazem muitos dirigentes destas organizações tipo ONU , OMS .

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 10 dias

    Tomara que este George Soros morra logo para ir sentar direto no colo do Satanás que é seu pai e queime eternamente no inferno velho maldito.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      Carmo Augusto Vicentini

      ± 10 dias

      O problema é que o filho dele é igual ou pior e já está começando a dar as cartas do baralho.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.