i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Flavio Gordon

Foto de perfil de Flavio Gordon
Ver perfil

Sua arma contra a corrupção da inteligência. Coluna atualizada às quartas-feiras

Release the Lumpen! A esquerda revolucionária e a explosão da criminalidade

  • Por Flavio Gordon
  • 30/09/2020 16:48
protesto minneapolis
Manifestantes acendem um coquetel molotov durante protesto em Minneapolis.| Foto: Kerem Yucel/AFP

Em O Combate das Trevas. A esquerda brasileira: das ilusões perdidas à luta armada, de 1987, o historiador comunista Jacob Gorender comenta que, dentre as ideias mais influentes na esquerda brasileira nos anos 1964-1968, ascendia ao primeiro plano uma revisão da ortodoxia marxista-leninista quanto ao protagonismo na revolução. Com o avanço das revoluções cubana e argelina, bem como da Guerra do Vietnã e da Revolução Cultural na China, fixava-se na mente dos esquerdistas de todo o mundo a imagem do campesinato como substituto do proletariado na condição de classe revolucionária essencial.

Nas palavras do autor: “Foi possivelmente em Os Condenados da Terra, publicado em 1961 e última obra de Frantz Fanon, que a tese da superioridade revolucionária dos camponeses ganhou exposição mais taxativa. Nos países colonizados – afirmava Fanon, médico negro da Martinica identificado com a revolução argelina –, o proletariado urbano constitui pequena camada e pertence ao rol dos privilegiados. Os camponeses são a imensa maioria, nenhum privilégio lhes concede o colonizador, nada têm a perder. Daí serem eles a única força realmente revolucionária”.

Ao lado do campesinato, continuava Gorender, outro segmento social surgiu à época como alternativa: os marginais, o lumpemproletariado. “Marx não confiava no lumpen, nos trabalhadores degradados pelo vício e pelo crime” – escreve o comunista baiano. “Porém nos países atrasados e oprimidos, as circunstâncias são diferentes. O marginal, seja cafetão ou prostituta, pode ser arrancado da colaboração com a polícia e convertido em revolucionário”.

Não é obra do acaso que a criminalidade aumente sempre ali onde partidos, movimentos ou agentes de extrema-esquerda conquistem posições de poder e influência na sociedade

Os efeitos dessa reorientação teórica e prática da cosmovisão comunista são bem conhecidos no Brasil, país em que, nos anos 1960, o encontro entre presos políticos de extrema-esquerda e criminosos comuns deu origem às grandes facções criminosas que há décadas infernizam as nossas grandes cidades. Desde então, temos visto manifestações recorrentes dessa aliança mórbida entre esquerda e banditismo – ilustradas, por exemplo, pelo lema hélio-oiticicano “seja marginal, seja herói”, pela sugestão de um conhecido jornalista de “dar voz aos bandidos”, ou pela, digamos, filósofa – candidata petista ao governo do Rio – que se declarou “a favor do assalto”.

Por vezes, a discrição vai para as cucuias, e algum ultraesquerdista mais afoito – e menos dotado intelectualmente – dá com a língua nos dentes, explanando a visão dos pares sobre a função revolucionária da criminalidade. Foi, por exemplo, o caso do blogueiro petista Eduardo Guimarães, que postou em suas redes sociais: “A revolução está chegando, mas não será daquele tipo em que o povo se arma e marcha tal qual exército para cima dos opressores. A revolução se dará através da explosão da criminalidade. Será uma revolução de guerrilha. A justiça será feita nos semáforos, em cada esquina [sic]”. Ou de Anderson França, colunista da Folha de S.Paulo, que, em seu perfil no Facebook, propôs uma espécie de frente ampla reunindo a militância de esquerda e o Comando Vermelho: “Pense comigo que: A PM arrega pro crime [sic], mas bate em militante. Imagine o dia em que a militância fechar com o crime, APENAS PENSE [sic], a força do aço dos menino [sic], a disposição dos manifestante [sic]. CVRL e esquerda junto [sic]. Aliás, né? A História já conta. Eu fechava lindo nessa frente. LINDO [sic]”.

Não é obra do acaso, portanto, que a criminalidade aumente sempre ali onde partidos, movimentos ou agentes de extrema-esquerda conquistem posições de poder e influência na sociedade. Basta ver, por exemplo, o que ora se passa nos EUA, nos estados e cidades dominados pela ideologia desarmamentista e antipolícia. Na América Latina, em especial, o fenômeno foi demasiado evidente. O caso da Venezuela é paradigmático. Com o chavismo no poder, os números de homicídios só fizeram aumentar de maneira exponencial, atingindo, já com Nicolás Maduro, sucessor de Chávez, impressionantes 92 homicídios para cada 100 mil habitantes.

O sociólogo venezuelano Roberto Briceño-León, que estuda a criminalidade no seu país há mais de 20 anos e integra o Observatório Venezuelano da Violência, pesquisou a fundo as causas do fenômeno. Em artigo indispensável sobre o tema, que deveria nos servir de lição – a nós, que ficamos década e meia submetidos ao regime dos parceiros de Chávez, período em que a criminalidade também disparou por aqui –, Briceño-León concluiu que a explosão de crimes violentos durante a vigência do regime chavista era, antes que obra do acaso, resultado de cálculo político e ação sistemática.

O sociólogo mostra que, no ano de 1998, durante a campanha eleitoral, 4.550 homicídios haviam sido cometidos em todo o país. Em 2004, após seis anos de governo Chávez, esse número quase triplicara, passando a 13.288 homicídios. A taxa de homicídios por cem mil habitantes, que em 1998 era de 19,5, saltou para 51 no ano de 2003 – um crescimento, sem dúvida, muito fora do padrão. Se, de um lado, a crise política impulsionava a violência, de outro – eis o ponto crucial do artigo – o governo chavista impedia o seu controle e repressão.

Nas palavras do autor: “Há políticas que favorecem a violência. Uma delas tem sido o descrédito sistemático ao qual foi submetida a polícia e que levou tanto para uma campanha de agressões e desqualificações verbais, como as medidas de desarmamento dos funcionários. No ano de 2002, a emissora de televisão do governo transmitiu sistemática e repetidamente a promoção do filme venezuelano intitulado Disparem para matar, como sempre fazem os canais de tevê quando estão preparando a audiência para uma estreia. Nas cenas escolhidas do filme para os comerciais, apresentava-se um oficial de polícia ordenando morbidamente a repressão em um bairro pobre; depois mostrava-se o crime cometido por um funcionário da polícia num rincão escuro; após um som estrepitoso do disparo, escutava-se o grito raivoso e longo da mãe da vítima que acusava os policiais: ‘Assassinos!’. Antes e depois da propaganda, agregavam-se frases políticas contra a oposição política ao governo”.

No Brasil dos anos 1960, o encontro entre presos políticos de extrema-esquerda e criminosos comuns deu origem às grandes facções criminosas que há décadas infernizam as nossas grandes cidades

“Isso não parece ser casualidade” – continua Briceño-León. “Em diversas oportunidades o presidente da república tem se dedicado a contradizer uma velha crença popular venezuelana. Por décadas, ensinou-se às crianças venezuelanas que ‘a violência é a arma dos que não têm razão’. A expressão tem sido difundida como um valor destinado a desestimular a maneira violenta de resolução de conflitos entre os grupos de menores de idade nas escolas e vizinhanças, embora também entre as pessoas adultas, sobretudo na passagem da vida rural para a vida urbana. Tem sido surpreendente observar como, nos longos discursos de várias horas por todas as rádios e todos os canais de tevê, o presidente tem falado várias vezes que tal afirmação ‘não é verdade’, sugerindo que a violência pode ser usada e procurando mudar uma ideia que ele sabe fortemente arraigada na população”.

O prognóstico do autor: “Num contexto de violência política como a que descrevemos, a violência delinquencial, a violência das gangues e da polícia tenderão a se intensificar de modo notável, pois os indivíduos violentos encontrarão um espaço de fácil atuação e isso é o que já está acontecendo nestes últimos anos”.

Em resumo: a esquerda tende e ver a criminalidade positivamente, como força revolucionária. Daí que, onde chegue ao poder, os índices de criminalidade subam vertiginosamente, como ocorreu na Venezuela e no Brasil na última década. E como tem ocorrido nos EUA. Não é acidente. Como confessa o blogueiro petista: a “explosão de criminalidade” faz parte dos planos da esquerda revolucionária.

Conteúdo editado por:Marcio Antonio Campos
28 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 28 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • A

    All Jr

    ± 0 minutos

    Essa aliança deriva do fato de que todos os envolvidos integram o crime organizado. Acorda Brasil!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Júlio

    ± 24 dias

    Infelizmente eleger políticos de esquerda consiste em lançar a nação para a desgraça! Vide a Venezuela, a Argentina e a Coréia do Norte é vai miséria e destruição!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    André Alonso

    ± 25 dias

    Mais um belo artigo do Flávio.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Evandro

    ± 27 dias

    O que são as letras de Rap/ funk em grande parte? A exaltação da vida Marginal, deixando a licença poética de que “ fiquei assim pois não tive escolha”. O método é claro e sedutor -ao extremo - aos suscetíveis. Excelente artigo, Gordon.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JORGE WILSON NOGUEIRA NEVES

    ± 28 dias

    Concordo mas acho que os governos são cumplices!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    João Martins Donizete

    ± 28 dias

    Em suma: esquerda fora ou mais ainda no poder é sinônimo de anarquia, violência, roubos, corrupção e acima de tudo censura em todos aspectos. Uma pequena casta dos mais iguais lá em cima bem protegidos e povão aqui em baixo num baita fodas-se ao resto não tão iguais assim em total antinomia ao que eles original e numa mentira eles pregam os revolucionários da desgraça social.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luigi Tenco

    ± 28 dias

    O que o Brizola fez no Rio de Janeiro foi exatamente isso. E por que será que Brizola virou codinome de cocaína entre os drogados?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luigi Tenco

    ± 28 dias

    O filme-lixo do Wagner Moura, Marighela, é a exaltação dessa metástase do crime na esquerda ou vice-versa. E é assustador ver o tanto de gente que ainda vê aquele o cineasta e o personagem como heróis.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luigi Tenco

    ± 28 dias

    Engraçado! Não consigo dissociar esquerda de criminalidade, com ou sem adesão de CV, PCC, Antifa, BLM etc.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • L

      Luigi Tenco

      ± 28 dias

      Até porque os partidos em si já se transformaram em quadrilhas, como o PT.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    mup

    ± 28 dias

    E anestesiados e com medo vamos vendo a criminalidade crescendo. Anestesiados pelos filmes favoráveis aos bandidos, à idolatria de bandidos edulcorados nas novelas ou pelas apologias do funk e de seus defensores. Isso pra não falar dos apologistas na imprensa diária como se pode facilmente constatar. O maniqueismo prevalece. A polícia é ruim, a bala perdida é sempre da polícia (nunca se viu publicado o laudo posterior feito pela perícia para comprovar o que é dito!). Do outro lado, olha aí, olha o meu guri....vítima da sociedade, dimenor.... Flávio temos que reconhecer que a esquerda continua comandando o discurso e fazendo a cabeça de muita gente. Pena, mas ainda é verdade!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo Prestes

    ± 28 dias

    Perfeita análise !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    Isaac Souza

    ± 28 dias

    Grande alerta

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Roberto Silva

    ± 28 dias

    Excelente texto!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    SILVIO MACIEL ROCHA

    ± 28 dias

    Esclarecedor! Parabéns pela lucidez .

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 28 dias

    É, prezado, Gordon, essa turma tem método. Não é a toa - como vc bem descreve - que a criminalidade tomou conta onde esses imorais detiveram o poder. Exemplos: Venezuela e na nossa cidade maravilhosa (RJ)ali eles conseguiram impor suas teorias revolucionárias e a "explosão da criminalidade" explodiu mesmo. Sucesso! A polícia é demonizada e criminoso é vitima da sociedade. E quem se fera é o cidadão de bem. Imaginem o mundo comandado por essa turma. Para eles seria o "paraíso na terra", hein?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo Carvalho

    ± 28 dias

    Excelente! Como sempre os textos do Flavio Gordon são muito bem pesquisados e apresentados. A prova disso é que os clepto-ociosos ficam quietinhos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 28 dias

    Vi ontem na BBC reportagem sobre a policia americana contra negros. Em um dos casos, policiais tentavam levar para de delegacia um homem, negro, de quase 200 kilos. Recusou e começou uma luta corporal. Que houve?Foi baleado. Os outros casos, eram desajustados sociais que não aceitavam a autoridade. Ou seja, o discurso esquerdista é que a policia é retrato da autoridade racista e preconceitosa contra os pobres. Sendo facilmente assim ser cooptados, os desajutados sociais, para implememtar essa excrescencia. Na sociedade americana, ao que parece, há cada vez menos os que aceitam o modo de ser daquele grande pais, trabalho e respeito à autoridade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carmo Augusto Vicentini

    ± 28 dias

    A esquerda é o câncer que corrói o mundo. Materialização dos eflúvios do Mal.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Pedro Zanoni

    ± 28 dias

    SEM PENA....PENA DE MORTE ..URGENTE

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • O

    Oliveira

    ± 28 dias

    Não me surpreende essa tara por miseráveis munidos com ancinhos enferrujados. Para os canhotos, quanto mais fraco, melhor. A revolução russa passou na ponta da foice uma burguesia armada até os dentes? Não, foram pra cima de camponeses mortos de fome, por vezes espoliando o (muito) pouco que tinham.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ABFeitoza

    ± 28 dias

    Texto muito bom. Define claramente o que todos observamos empiricamente. O aumento da violência é meta da esquerda, não apenas descaso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 28 dias

    Esquerdista é a criatura mais asquerosa e desprezível e abjeta que pode existir! Tenho asco e ódio mortal de esquerdista

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • E

      Eduardo Prestes

      ± 28 dias

      Estamos juntos nessa...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Tarcísio Gomes de Paula Pessôa

    ± 28 dias

    Nunca tive a menor dúvida quanto á desconstituição do poder de polícia pela esquerda e a sua cumplicidade “revolucionária” para com a criminalidade. Basta atentar para os números de homicídios e roubos nos anos Lula/Dilma e compará-los com o governo Bolsonaro, com apenas 2 anos. É estarrecedor a constatação aritmética da política esquerdista de cumplicidade com o crime.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ALVARO JOSE JUNQUEIRA NUNES

    ± 29 dias

    Só os tendenciosos fingem não ver esta realidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ALVARO JOSE JUNQUEIRA NUNES

    ± 29 dias

    Só os tendenciosos fingem não ver esta realidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Angelo M. Palmeira

    ± 29 dias

    A exaltação da bandidagem comum está na raiz do marxismo cultural. A partir do momento que se percebe como o capitalismo, ao produzir em massa, melhora as condições materiais de existência do proletariado, tornando-o, assim, indiferente ao apelo violento do intelectual agitador, só sobram mesmo os marginais como infantaria revolucionária. O próprio livro do autor, "A Corrupção da Inteligência", descreve muito didaticamente esse processo, mostrando como a obra de Marcuse, "O Homem Unidimensional", lançou as fundações para a cultura de glamourização do crime que hoje é norma nos meios difusores de cultura.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.